Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do genótipo do Citocromo P450 (CYP2C9) na farmacocinética do piroxicam

Processo: 13/18454-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Adriana Maria Calvo
Beneficiário:Mariel Tavares de Oliveira Prado Bergamo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacocinética   Sequenciamento   Piroxicam   Farmacogenética   Reação em cadeia por polimerase (PCR)

Resumo

A farmacogenética é uma área da farmacologia que se encontra em ascensão e que estuda a contribuição de fatores genéticos para as respostas individuais aos fármacos. Esse ramo da ciência implica na variabilidade na farmacodinâmica e farmacocinética por meio do estudo dos polimorfismos, por exemplo em genes que codificam receptores, e no metabolismo dos fármacos, onde esta área da farmacologia vem crescendo e obtendo seus primeiros resultados com utilização clínica. Os AINES são metabolizados pela família do citocromo P450 (CYP), predominantemente CYP2C9. O objetivo do presente estudo é avaliar os diferentes haplótipos do gene para a farmacocinética do medicamento entre os diferentes haplótipos do gene CYP2C9 que serão encontrados nessa população. Para tanto, 10 voluntários serão genotipados e fenotipados para esse gene e todos dados confrontadas com os haplótipos encontrados na população brasileira. Para análise do gene proposto serão coletados sangue e saliva, que servirão como fonte de DNA genômico. Para a análise molecular será realizada a técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR), sendo utilizados ensaios produzidos e validados pela empresa Applied Biosystems® para polimorfismos conhecidos. Para a farmacocinética do piroxicam serão coletadas amostras de sangue e saliva em diversos momentos após a ingestão do medicamento seguindo protocolo estabelecido na literatura, sendo utilizada cromotografia líquida de alto desempenho (HPLC) para as medidas das concentrações do piroxicam nas amostras. A análise dos resultados será descrita com nível de significância de 0,05.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CALVO, ADRIANA MARIA; DE OLIVEIRA PRADO, MARIEL TAVARES; DIONISIO, THIAGO JOSE; MARQUES, MARIA PAULA; BROZOSKI, DANIEL THOMAS; LANCHOTE, VERA LUCIA; CARDOSO FARIA, FLAVIO AUGUSTO; SANTOS, CARLOS FERREIRA. Effective method for the detection of piroxicam in human plasma using HPLC. Brazilian Oral Research, v. 30, n. 1 2016. Citações Web of Science: 0.
CALVO, ADRIANA MARIA; DE OLIVEIRA PRADO, MARIEL TAVARES; DIONISIO, THIAGO JOSE; MARQUES, MARIA PAULA; BROZOSKI, DANIEL THOMAS; LANCHOTE, VERA LUCIA; CARDOSO FARIA, FLAVIO AUGUSTO; SANTOS, CARLOS FERREIRA. Effective method for the detection of piroxicam in human plasma using HPLC. Brazilian Oral Research, v. 30, 2016. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.