Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa dos genes icaA, icaD e bap de adesão intercelular bacteriana e formação de biofilme por Staphylococcus aureus e Staphylococcus coagulase-negativa isolados de mastites bovina

Processo: 13/14383-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Helio Langoni
Beneficiário:Anelise Salina
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade do leite   Staphylococcus aureus   Saúde pública

Resumo

O leite ocupa um lugar importante na economia mundial e, considerando sua importância social, no Brasil, gera milhões de empregos em aproximadamente um milhão de propriedades rurais. A mastite ainda é um entrave para a pecuária leiteira apesar de intensas pesquisas para o diagnóstico e controle desta enfermidade. Trata-se de um processo infeccioso, classificado em mastite subclínica e clínica, podendo ser também de origem fisiológica, traumática, alérgica, metabólica, psicológica, entretanto, com maior freqüência de origem infecciosa. São vários os agentes envolvidos, sendo Staphylococcus aureus (S. aureus) e os Staphylococcus coagulase negativa (SCN) de maior freqüência. Há muitos fatores de virulência relacionados com esses patógenos, um deles é a produção de biofilme. Desta forma pretende-se pesquisar a presença dos genes icaA, icaD e bap responsáveis pela adesão intercelular e formação de biofilme e associar com a persistência de infecção intramamária e sua severidade nos casos clínicos da doença e com a contagem de células somáticas (CCS/mL) do leite, nos casos subclínicos. Serão estudadas ¬¬100 cepas de S. aureus e 100 cepas de SCN isoladas de casos de mastites subclínicas e clínicas de diferentes propriedades do Estado de São Paulo. A partir dos isolados será analisada a presença de genes para produção de biofilme pela Reação da Polimerase em Cadeia (PCR) e caracterização fenotípica pelo Ágar Vermelho Congo (CRA). A relevância do presente projeto fundamenta-se na necessidade de contribuir para o melhor entendimento da evolução dos quadros de mastites causadas por estes micro-organismos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
A. SALINA; F.F. GUIMARÃES; V.B. RICHINI PEREIRA; B.D MENOZZI; V.L.M. RALL; H. LANGONI. Detection of icaA, icaD, and bap genes and biofilm production in Staphylococcus aureus and non-aureus staphylococci isolated from subclinical and clinical bovine mastitis. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 72, n. 3, p. 1034-1038, Maio 2020.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SALINA, Anelise. Pesquisa dos genes icaD e bap de adesão intercelular bacteriana e formação de biofilme por Staphylococcus aureus e Staphylococcus coagulase-negativa isolados de mastite bovina. 2015. 83 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.