Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemática filogenética, revisão taxonômica e análise citogenética do gênero Koellensteinia Rchb. f. (Orchidaceae)

Processo: 13/19124-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 09 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Fábio de Barros
Beneficiário:Climbiê Ferreira Hall
Supervisor no Exterior: Alexandre Antonelli
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Gothenburg, Suécia  
Vinculado à bolsa:11/08308-9 - Sistemática filogenética, revisão taxonômica e análise citogenética do gênero Koellensteinia Rchb. f. (Orchidaceae), BP.DR
Assunto(s):Biogeografia   Filogeografia   Orchidaceae   Sistemática

Resumo

A biodiversidade da região Neotropical é produto de muitos processos evolutivos, no entanto, estamos apenas começando a perceber e entender vários destes. Para realizar essa tarefa, filogenias bem amostradas e datadas são necessárias para melhor compreensão da diversificação Neotropical. A família Orchidaceae é uma das maiores famílias de plantas, com cerca de 25000 espécies e 850 gêneros. Orchidaceae é uma das famílias de angiospermas melhores estudadas em matéria de relações filogenéticas infra-familiares. No entanto, vários estudos têm mostrado que as classificações tradicionais estavam incorretas e necessitam revisão. Além disso, até recentemente, não havia fósseis de confiança da família, o que é crucial para se estimar corretamente a idade dos grupos de orquídeas. Neste sentido, este projeto propõe o estudo de Koellensteinia Rchb. f., um gênero de Orchidaceae. Koellensteinia tem cerca de 17 espécies distribuídas na América do Sul, com centro de distribuição no Brasil. O grupo tem várias incertezas taxonômicas relacionadas com a delimitação das suas espécies e até mesmo do gênero em si. Estudos filogenéticos recentes indicam que Koellensteinia é um grupo parafilético, e sua relação com gêneros próximos como Aganisia, Otostylis e Paradisanthus permanece obscura. O objetivo principal deste projeto é desenvolver uma hipótese filogenética para Koellensteinia e gêneros próximos, a fim de entender a história evolutiva deste grupo de orquídeas neotropicais. Neste contexto, uma análise biogeográfica de Koellensteinia será conduzida, incluindo uma abordagem populacional detalhada do complexo K. eburnea-K. tricolor. Amostras de plantas estão sendo coletadas no Brasil e em outros países sul americanos. DNA dos espécimes será extraído a partir de folhas frescas ou desidratadas em sílica-gel. Inicialmente, serão utilizadas regiões de DNA previamente analisadas para outros gêneros de Zygopetalinae (ITS, matK, rbcL e trnL-F) para o posicionamento de Koellensteinia dentro do subtribo. Serão executados testes com regiões nucleares e plastidiais com maiores taxas de mutação para clarificar as relações infragenéricas. As seqüências serão depositadas no GenBank. As análises filogenéticas e biogeográficas serão realizadas por métodos de máxima verossimilhança, parcimônia e Bayesiano. A datação molecular será inferida pelo método Bayesiano com inclusão de fósseis para calibração molecular. (AU)