Busca avançada
Ano de início
Entree

Referência e quantificação nos tempos verbais do português

Processo: 13/21993-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 20 de julho de 2014
Vigência (Término): 19 de julho de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Marcelo Barra Ferreira
Beneficiário:Marcelo Barra Ferreira
Anfitrião: Norbert Hornstein
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Maryland, College Park, Estados Unidos  
Assunto(s):Semântica formal   Linguagem natural   Tempos verbais

Resumo

As línguas naturais dispõem de uma série de recursos que permitem veicular a ocorrência de situações -- eventos ou estados -- não apenas concomitantes ao momento de fala, mas também anteriores e posteriores a ele. Um claro exemplo de tal recurso de deslocamento temporal são os tempos verbais do português, objeto de investigação deste projeto. Buscaremos desenvolver uma análise formal -- lógico-matemática -- que dê conta da interpretação desses tempos e de sua interação com outros elementos das sentenças em que ocorrem. Mesmo um estudo preliminar desses tempos e sua comparação com estudos de outras línguas deixa claro que a compreensão do significado veiculado pelas formas verbais de uma língua deve levar em conta aspectos referenciais e quantificadores, incluindo elementos dêiticos e anafóricos. Além disso, os elementos temporais de uma sentença se relacionam de maneira sutil e complexa com elementos modais, o que exige um entendimento da interação entre tempo e modalidade, sobretudo em contextos subordinados. O objetivo central deste projeto é a análise e a formalização das propriedades dêiticas, anafóricas e quantificadoras dos tempos verbais do português, com especial ênfase na interação entre tempo e modalidade em contextos subordinados. Buscaremos analisar os ingredientes temporais, aspectuais e modais embutidos em todos os tempos verbais dos modos indicativo e subjuntivo e propor uma análise formal e composicional para a interpretação das estruturas nas quais estes tempos são utilizados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, MARCELO. On The Indexicality of Portuguese Past Tenses. JOURNAL OF SEMANTICS, v. 34, n. 4, p. 633-657, NOV 2017. Citações Web of Science: 0.
FERREIRA, MARCELO. The semantic ingredients of imperfectivity in progressives, habituals, and counterfactuals. NATURAL LANGUAGE SEMANTICS, v. 24, n. 4, p. 353-397, DEC 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.