Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da associação entre características de crescimento, suscetibilidade ao carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus e nível de infecção por Babesia bovis em bovinos de corte

Processo: 13/20513-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Henrique Nunes de Oliveira
Beneficiário:Rodrigo Giglioti
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Genética quantitativa   Reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa quantitativa (qRT-PCR)   Bovinos   Imunidade

Resumo

O carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus e as babésias causam grandes prejuízos à pecuária nacional, por reduzirem a produtividade dos animais e representarem um obstáculo à expansão do uso das raças taurinas. O objetivo deste estudo é identificar os mecanismos envolvidos na dinâmica da interação entre o carrapato, as babésias e os bovinos da raça Canchim (5/8 Charolês + 3/8 Zebu) em desenvolvimento, como forma de detectar associações que possam ser usadas para seleção de animais mais resistentes. Serão usadas 50 fêmeas mantidas em pastagens naturalmente infestadas por carrapatos, que serão avaliadas quanto aos níveis de infestação pelo ácaro, infecção por Babesia bovis e o seu desenvolvimento ponderal. Durante dois anos, mensalmente, serão contadas e colhidas fêmeas de carrapato, amostras de sangue e será feita a pesagem dos animais. O volume globular (VG) será usado como indicador da saúde dos animais. As amostras de DNA extraídos do sangue e dos carrapatos serão usadas para quantificação absoluta de B. bovis por PCR em tempo real quantitativo (qPCR). Serão medidos os títulos de anticorpos séricos contra B. bovis. Para a análise dos dados, serão usadas transformações matemáticas e a metodologia de modelos mistos. O modelo de análise incluirá o efeito de colheita como efeito fixo, e o efeito de animal como aleatório. Será verificada a ocorrência de associação entre os parâmetros estudados. As associações irão indicar as características que poderão ser usadas na caracterização da suscetibilidade/resistência dos bovinos aos carrapatos e às babesioses.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.