Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da Denervação Simpática Sobre a Função e o Remodelamento Ventricular Pós-Infarto Agudo do Miocárdio em Ratos

Processo: 13/06130-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Luiz Felipe Pinho Moreira
Beneficiário:Fernando Luiz Zanoni
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Infarto do miocárdio   Procedimentos cirúrgicos cardiovasculares   Função ventricular   Simpatectomia

Resumo

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo. Com os avanços da cardiologia intervencionista e as terapias farmacológicas atualmente disponíveis os pacientes têm sobrevivido mais aos eventos cardiovasculares agudos, como o infarto agudo do miocárdio (IAM). Entretanto, a insuficiência cardíaca que se desenvolve após a agressão ao miocárdio tem se tornado a principal causa de morbimortalidade. A insuficiência cardíaca pós-infarto é uma condição crônica e progressiva de fraqueza do músculo cardíaco, onde após a isquemia do miocárdio seguem-se alterações ultra-estruturais e funcionais que levam ao remodelamento ventricular. O remodelamento ventricular patológico é influenciado por uma série de fatores neuroendócrinos como o sistema renina-angiotensina-aldosterona, as catecolaminas, o estresse oxidativo, citocinas pró-inflamatórias e as endotelinas. A ativação simpática influencia marcadamente o remodelamento ventricular, visto que o bloqueio farmacológico de receptores b-adrenérgicos reduziu ou até mesmo reverteu o remodelamento do ventrículo esquerdo em pacientes com insuficiência cardíaca e dilatação de ventrículo esquerdo. Considerando o potencial benefício do bloqueio da atividade simpática sobre a evolução do remodelamento cardíaco pós IAM este estudo pretende investigar as alterações estruturais, inflamatórias e funcionais no miocárdio de ratos submetidos ao IAM experimental e submetidos ao bloqueio simpático pela simpatectomia química. Neste estudo serão utilizados ratos machos Wistar pesando entre 300 e 350 g. Os animais terão a anestesia induzida e mantida com uma mistura de isoflurano e oxigênio. Previamente aos procedimentos cirúrgicos os animais receberão 10 mg/kg, i.p., de cloridrato de tramadol como medicação analgésica. O IAM será induzido por ligadura do ramo ascendente da artéria coronária esquerda e, 48 horas após, os animais serão submetidos à ablação química do gânglio estrelado pela injeção de 100 microlitros de etanol absoluto periganglionar. Os animais serão aleatoriamente divididos em quatro grupos experimentais: 1) Sham - ratos submetidos à toracotomia, sem indução do IAM e sem simpatectomia; 2) IAM - ratos infartados, mas não submetidos à simpatectomia; 3) IAM+SE - ratos infartados e submetidos à gangliectomia esquerda; 4) IAM+SB - ratos infartados e submetidos à simpatectomia bilateral. Decorridas 8 semanas dos procedimentos iniciais serão realizadas as seguintes análises: morfometria cardíaca; tamanho da área do infarto; função cardiovascular pela análise das curvas pressão-volume; determinação da concentração de citocinas (IL-6 e IL-10), peptídeo natriurético tipo-B e catecolaminas (adrenalina e noradrenalina) por enzimoimunoensaio; expressão de metaloproteinases da matriz (MMP-1 e MMP-2) por RT-PCR em tempo real; quantificação das MAPK p38, ERK1 e ERK2 por western blot; e a expressão de Bcl-2 e caspase-3 por imunohistoquímica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZANONI, FERNANDO LUIZ; SIMAS, RAFAEL; DA SILVA, RAPHAEL GRILLO; BREITHAUPT-FALOPPA, ANA CRISTINA; COUTINHO E SILVA, RAPHAEL DOS SANTOS; JATENE, FABIO BISCEGLI; MOREIRA, LUIZ FELIPE P. Bilateral sympathectomy improves postinfarction left ventricular remodeling and function. JOURNAL OF THORACIC AND CARDIOVASCULAR SURGERY, v. 153, n. 4, p. 855+, APR 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.