Busca avançada
Ano de início
Entree

Degradação do antibiótico levofloxacin utilizando H2O2 eletrogerado em eletrodos de difusão gasosa modificados

Processo: 13/13510-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Thaís Ereno
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Peróxido de hidrogênio   Eletroquímica   Antibióticos

Resumo

Desde o início deste século, a preocupação com o meio ambiente cresceu de forma considerável, sendo um dos focos principais dos problemas ambientais os recursos hídricos. As fontes de resíduos têm em sua composição em uma mistura de compostos orgânicos e inorgânicos, sendo os tipos de resíduos mais comuns os subprodutos de reações industriais, resíduos de lavagem de maquinário, fármacos com validade vencida, fármacos em esgoto de hospitais. A situação é alarmante quando se trata dos esgotos provindos de hospitais e centros médicos, pois são lançados no sistema de esgotamento público, sendo adicionados ao esgoto da cidade, o que permite que esse efluente contaminado alcance corpos d'água na forma in natura em um grande número de cidades. A contaminação dos esgotos por antibióticos pode ser considerada de forma pontual, tendo origem em hospitais e centros médicos, devido à larga escala de administração de antibióticos, como o Levofloxacin, da classe dos fluoroquinolona. O objetivo deste trabalho é avaliar a eficiência eletroquímica de eletrodos de difusão gasosa (EDG), produzidos com pigmentos grafíticos condutores, modificados com catalisador orgânico (menadiona) redox na síntese de peróxido de hidrogênio (H2O2) in situ, sendo utilizado na degradação do fármaco Levofloxacin, em célula eletroquímica, monitorando o processo de degradação utilizando análises por espectrofotometria de absorção no UV/Visível, por análises em cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) e por teor de carbono orgânico total (TOC), no interesse de estudar a possível mineralização parcial ou total do fármaco Levofloxacin.