Busca avançada
Ano de início
Entree

Degradação de surfactante aniônico e remoção de nitrogênio e fosfato de água residuária de lavanderia comercial em reator de leito fluidificado

Processo: 13/19367-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Maria Bernadete Amâncio Varesche
Beneficiário:Marcus Vinícius Freire Andrade
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/15984-0 - Produção de bioenergia no tratamento de águas residuárias e adequação ambiental dos efluentes e resíduos gerados, AP.TEM
Assunto(s):Desnitrificação   Reatores de leito fluidificado

Resumo

O uso generalizado de surfactantes em diversos produtos justifica o atual direcionamento de pesquisas que visam a remediação de problemas ambientais relacionados a estes. Dentre os ramos que utilizam surfactantes, as lavanderias comerciais representam o setor que utiliza e requer elevada concentração de tensoativos em seus produtos, geralmente o alquilbenzeno linear sulfonado, LAS, comumente encontrado na constituição de produtos de limpeza. No Brasil, recentes pesquisas vêm sendo realizada no LPB-EESC-USP com reator anaeróbio de leito fluidificado visando à remoção anaeróbia de LAS. Assim, a motivação desse trabalho reside na possibilidade de avaliar a degradação do surfactante de água de lavanderia comercial, em condições facultativas, com ênfase na avaliação da remoção de nitrogênio e fosfato em reator de leito fluidificado preenchido com areia. Exames microscópicos serão realizados para avaliar o crescimento microbiano em função da operação do reator, além da aplicação da técnica de PCR/DGGE para constatar a diversidade microbiana em relação ao Domínio Bacteria. O reator será operado em fluxo contínuo, e em escala de bancada, e serão aplicados diferentes tempos de detenção hidráulica para promover a remoção dos compostos anteriormente mencionados. Na melhor fase de remoção dos compostos serão retiradas amostras do biofilme para identificação celular por meio do sequenciamento de fragmentos do gene RNAr 16S. Alíquotas do efluente serão retiradas para avaliação em espectrometria de massa com o intuito de verificar os co-produtos de degradação. Trata-se de pesquisa inédita, uma vez que essa possibilidade de constatação de remoção e degradação ainda não foram realizadas, tanto, no LPB como no Brasil. Desse modo, pretende-se buscar condição adequada após definição de melhor TDH para remocão de compostos orgânicos, nitrogenados e fosfatos em reator de leito fluidificado.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREIRE ANDRADE, MARCUS VINICIUS; DELFORNO, TIAGO PALLADINO; SAKAMOTO, ISABEL KIMIKO; SILVA, EDSON LUIZ; AMANCIO VARESCHE, MARIA BERNADETE. Dynamics and response of microbial diversity to nutritional conditions in denitrifying bioreactor for linear alkylbenzene sulfonate removal. Journal of Environmental Management, v. 263, JUN 1 2020. Citações Web of Science: 0.
FREIRE ANDRADE, MARCUS VINICIUS; SAKAMOTO, ISABEL KIMIKO; CORBI, JULIANO JOSE; SILVA, EDSON LUIZ; AMANCIO VARESCHE, MARIA BERNADETE. Effects of hydraulic retention time, co-substrate and nitrogen source on laundry wastewater anionic surfactant degradation in fluidized bed reactors. Bioresource Technology, v. 224, p. 246-254, JAN 2017. Citações Web of Science: 9.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANDRADE, Marcus Vinícius Freire. Influência do tempo de detenção hidráulica e das condições nutricionais na remoção de surfactante aniônico de água residuária de lavanderia e seus efeitos na comunidade microbiana. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.