Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do estabelecimento de repertórios conceituais "maior que" e "menor que" na emergência de relações ordinais em indivíduos com autismo

Processo: 13/06734-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 25 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Deisy das Graças de Souza
Beneficiário:André Augusto Borges Varella
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Transtorno autístico   Formação de conceito   Equivalência de estímulos

Resumo

Aprender relações comparativas ("mais que", "menos que", "maior que", "menor que", etc.) requer o estabelecimento de relações ordinais entre os estímulos. A aprendizagem destes repertórios tem sido investigada tanto por uma expansão do paradigma de equivalência quanto pela Teoria dos Quadros Relacionais (RFT). Alguns estudos têm sugerido que estabelecer repertórios conceituais (responder relacional não-arbitrário) pode facilitar o estabelecimento de relações ordinais entre estímulos abstratos neste contexto (responder relacional arbitrário). Entretanto, não se sabe se a formação destes conceitos é de fato necessária para o estabelecimento de relações ordinais, como preconiza a RFT. O presente estudo tem o objetivo de investigar o efeito da formação dos conceitos "maior que" e "menor que" na aprendizagem de relações ordinais entre estímulos abstratos por indivíduos com autismo. Participarão do estudo oito indivíduos com autismo que não apresentam os conceitos de "maior que" e "menor que". Quatro deles serão submetidos ao ensino de repertórios conceituais AC e BC, entre as palavras ditadas (A) "maior que" e "menor que", símbolos aritméticos ">" e "<" (B) e estímulos de diferentes tamanhos (C), que serão apresentados como comparações. Os outros quatro serão submetidos apenas ao ensino de relações condicionais AB, entre as palavras ditadas e os símbolos aritméticos. Em seguida, todos os participantes serão submetidos ao ensino das relações ordinais D1>D2>D3>D4>D5 e D5D4, D4D5 e D5

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VARELLA, ANDRE A. B.; DE SOUZA, DEISY G. Using class-specific compound consequences to teach dictated and printed letter relations to a child with autism. JOURNAL OF APPLIED BEHAVIOR ANALYSIS, v. 48, n. 3, p. 675-679, SEP 2015. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.