Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese, caracterização e avaliação de citotoxicidade de complexos de nanobarras de ouro-ftalocianinas

Processo: 13/20599-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Ana Maria de Guzzi Plepis
Beneficiário:Lucas Freitas de Freitas
Supervisor no Exterior: Michael R. Hamblin
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Harvard University, Cambridge, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/23660-0 - Ação sinérgica entre terapia fotodinâmica e terapia hipertérmica em diferentes condições de aplicação terapêutica, BP.DR
Assunto(s):Hipertermia   Neoplasias   Terapia fotodinâmica   Ftalocianinas

Resumo

A hipertermia e a terapia fotodinâmica consistem em intervenções promissoras no combate ao câncer, na erradicação de microrganismos e no diagnóstico de várias doenças. Alguns estudos indicam que se ambas as terapias são realizadas em conjunto, há um efeito sinérgico que aumentaria a taxa de sucesso terapêutico. Nós nos propomos a investigar este efeito sinérgico utilizando nanobarras de ouro (dispositivos bem caracterizados quanto à geração de hipertermia) com ftalocianinas (um eficiente fotossensibilizador) de zinco complexadas em sua superfície. As nanobarras serão sintetizadas pelo método de seeding, e as ftalocianinas formarão um complexo de cargas com o CTAB que recobre as nanopartículas. Os complexos nanobarras-ftalocianinas serão analisados por MET, e sua geração de oxigênio singleto será analisada. Ademais, os complexos serão testados in vitro em células de melanoma da linhagem B16F10, assim como in vivo. As células tumorais (in vitro) e o tecido tumoral (in vivo) com nanopartículas serão irradiados com laser (em 800 e 680 nm), e o dano ao tumor será verificado microscopicamente. Será observado, também, o crescimento tumoral em camundongos por 30 dias após a irradiação. Os dados serão analisados estatisticamente pelo teste T de Student, e os intervalos de confiança serão utilizados como parâmetros para verificar a significância dos resultados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANZENGRUBER, FLORIAN; AVCI, PINAR; DE FREITASA, LUCAS FREITAS; HAMBLIN, MICHAEL R. T-cell mediated anti-tumor immunity after photodynamic therapy: why does it not always work and how can we improve it?. PHOTOCHEMICAL & PHOTOBIOLOGICAL SCIENCES, v. 14, n. 8, p. 1492-1509, 2015. Citações Web of Science: 18.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.