Busca avançada
Ano de início
Entree

Aprendizagem baseada em casos com uso de tecnologia da informação: adaptação cultural de caso clínico interativo em enfermagem neonatal

Processo: 13/21433-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 02 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 01 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Pediátrica
Pesquisador responsável:Elenice Valentim Carmona
Beneficiário:Elenice Valentim Carmona
Anfitrião: Maria Helena Baena de Moraes Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Texas Health Science Center at San Antonio (UTHSCSA), Estados Unidos  
Assunto(s):Neonatologia   Enfermagem neonatal   Estudantes de enfermagem   Tecnologia da informação   Comparação transcultural

Resumo

O objetivo deste estudo será traduzir e adaptar culturalmente para a língua portuguesa do Brasil o Baby Boy Jones, um caso clínico interativo utilizado como estratégia de ensino sobre assistência de enfermagem neonatal. O Baby Boy Jones, desenvolvido por pesquisadoras que são docentes de uma escola de Enfermagem norte-americana, tem como foco o ensino de conteúdos relacionados à assistência em caso de infecção neonatal, seguindo a proposta da Aprendizagem Baseada em Casos. Para viabilizar esta estratégia de ensino, utilizaram o software educacional SoftChalk®. A tradução e a adaptação cultural seguirão as diretrizes da Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos: ocorrerá a tradução inicial do conteúdo do caso clínico, do Inglês para o Português, de forma independente por dois tradutores; depois a síntese das duas traduções gerará uma versão que sofrerá retrotradução para o Inglês. A versão retrotraduzida sofrerá revisão por um comitê de juízes, para que avaliem a equivalência entre versão original e final, bem como das ferramentas utilizadas ao longo da apresentação do caso clínico pelo software. Após os ajustes recomendados, ocorrerá o teste da versão pré-final junto a alunos de graduação em Enfermagem para avaliar compreensão e clareza do conteúdo. Todas as recomendações éticas em pesquisa serão seguidas. A percepção sobre os caminhos trilhados na resolução de problemas propicia o aperfeiçoamento do raciocínio clínico, o que pode ser promovido pelo uso deste caso clínico interativo, tanto junto aos alunos de graduação em Enfermagem quanto a enfermeiros. Assim, casos clínicos interativos podem ser um reforço valioso aos esforços de propiciar aprendizado significativo e consistente em Enfermagem, visto que há necessidade de vivências repetidas, nem sempre garantidas pelas atividades acadêmicas. (AU)