Busca avançada
Ano de início
Entree

Relacionamento entre estrutura e função muscular periférica, inflamação sistêmica e regulação autonômica em adultos obesos

Processo: 13/15681-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Audrey Borghi e Silva
Beneficiário:Lívia Pinheiro Carvalho
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/12751-6 - Efeito de uma intervenção combinada de um suplemento nutricional associado ao treinamento de caminhada na saúde de homens idosos obesos-sarcopênicos: a influência na composição corporal, composição e função musculares e perfil metabólico, BE.EP.DD
Assunto(s):Inflamação   Regulação autonômica cardíaca   Fadiga muscular   Obesidade   Adultos

Resumo

A denominada obesidade sarcopênica tem demonstrado elevado risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e metabólicas e está envolvida com a proeminente redução da capacidade funcional, mobilidade e vitalidade nestes indivíduos. O declínio da qualidade muscular, a inflamação sistêmica e desregulação autonômica, sabidamente associados à obesidade, estariam supostamente relacionados ao aumento da susceptibilidade à fadiga muscular e conseguinte piora da performance funcional nesta população. Neste contexto, a avaliação da função muscular e de capacidade funcional, do estado metabólico, autonômico e inflamatório têm papel central na presença da obesidade e no estabelecimento de metas para um programa de exercícios físicos na população obesa. Objetivos: O objetivo deste estudo será verificar se a capacidade funcional nos diferentes testes de campo se relaciona com os parâmetros de força e endurance muscular de membros inferiores obtidos por avaliação isométrica e isocinética. Além disso, tem como objetivo investigar a relação entre tais componentes e o balanço autonômico pela variabilidade da frequência cardíaca e o status inflamatório e metabólico através da avaliação de biomarcadores adiponectina, miostatina, leptina, TNF-alfa, perfil glicêmico, lactacidemia e índice MM/MG. Material e Métodos: Serão incluídas 28 mulheres e 28 homens com idades entre 20 e 45 anos. Serão realizadas medidas antropométricas e de composição corporal por bioimpedância elétrica e o nível de atividade física investigado via Questionário de Baecke. A avaliação funcional será composta pelo Teste de Caminhada de seis minutos (TC6) e Teste do Degrau de 6 minutos (TD6) e a avaliação muscular isocinética e isométrica de membros inferiores por dinamometria. As avaliações metabólicas e autonômicas serão realizadas na condição de repouso e exercício enquanto a análise de marcadores inflamatórios, será dada em repouso. Resultados esperados: A hipótese do presente estudo baseia-se na prerrogativa de que os testes propostos poderiam identificar a principal limitação nestes indivíduos bem como sugerir a magnitude do processo inflamatório e desequilíbrio autonômico e metabólico nos diferentes graus de obesidade. Tal investigação justifica-se na medida em que o mesmo proverá informações de relevância clínica bem como poderá ser útil na implementação de ações reabilitadoras, com ênfase definida do tipo de treinamento desejado, e promotoras da saúde na população obesa. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARVALHO, LIVIA P.; DI THOMMAZO-LUPORINI, LUCIANA; MENDES, RENATA G.; CABIDDU, RAMONA; RICCI, PAULA A.; BASSO-VANELLI, RENATA P.; OLIVEIRA-JUNIOR, MANOEL C.; VIEIRA, RODOLFO P.; BONJORNO-JUNIOR, JOSE C.; OLIVEIRA, CLAUDIO R.; LUPORINI, RAFAEL L.; BORGHI-SILVA, AUDREY. Metabolic syndrome impact on cardiac autonomic modulation and exercise capacity in obese adults. AUTONOMIC NEUROSCIENCE-BASIC & CLINICAL, v. 213, p. 43-50, SEP 2018. Citações Web of Science: 4.
CARVALHO, LIVIA PINHEIRO; BASSO-VANELLI, RENATA PEDROLONGO; DI THOMMAZO-LUPORINI, LUCIANA; MENDES, RENATA GONCALVES; OLIVEIRA-JUNIOR, MANOEL CARNEIRO; VIEIRA, RODOLFO DE PAULA; BONJORNO-JUNIOR, JOSE CARLOS; OLIVEIRA, CLAUDIO RICARDO; LUPORINI, RAFAEL; BORGHI-SILVA, AUDREY. Myostatin and adipokines: The role of the metabolically unhealthy obese phenotype in muscle function and aerobic capacity in young adults. CYTOKINE, v. 107, p. 118-124, JUL 2018. Citações Web of Science: 5.
CARVALHO, L. P.; BORGHI-SILVA, A.; DUPONTGAND, S.; DI THOMMAZO-LUPORINI, L.; MENDES, R. G.; AUBERTIN-LEHEUDRE, M. Influence of menopausal status on the main contributors of muscle quality. CLIMACTERIC, v. 21, n. 3, p. 298-302, 2018. Citações Web of Science: 0.
CARVALHO, LIVIA PINHEIRO; DI THOMMAZO-LUPORINI, LUCIANA; AUBERTIN-LEHEUDRE, MYLENE; BONJORNO JUNIOR, JOSE CARLOS; DE OLIVEIRA, CLAUDIO RICARDO; LUPORINI, RAFAEL LUIS; MENDES, RENATA GONCALVES; LOPES ZANGRANDO, KATIANY THAIS; TRIMER, RENATA; ARENA, ROSS; BORGHI-SILVA, AUDREY. Prediction of Cardiorespiratory Fitness by the Six-Minute Step Test and Its Association with Muscle Strength and Power in Sedentary Obese and Lean Young Women: A Cross-Sectional Study. PLoS One, v. 10, n. 12 DEC 30 2015. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.