Busca avançada
Ano de início
Entree

Seleção genômica para características longitudinais de bovinos da raça Holandesa

Processo: 13/23530-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Sandra Aidar de Queiroz
Beneficiário:Daiane Cristina Becker Scalez
Supervisor no Exterior: Sven König
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universität Kassel, Alemanha  
Vinculado à bolsa:13/01068-8 - Seleção genômica para características longitudinais de bovinos da raça Holandesa, BP.DR
Assunto(s):Modelos não lineares   Seleção genética   Bovinos leiteiros

Resumo

Características longitudinais são de grande importância para a produção animal, no entanto, quando se trata de seleção genômica vários métodos estão sendo avaliados para características pontuais, como produção de leite em idades específicas ou produção total. Dessa forma, a aplicação destes métodos a trajetórias completas do fenótipo de interesse ao longo do tempo pode ser uma ferramenta importante para a tomada de decisão do melhor momento para seleção dos animais. No presente estudo serão utilizados dados de produção de leite, proteína e lactose e de escore de células somáticas de bovinos leiteiros em uma metodologia de dois estágios, onde primeiramente os modelos não lineares de Wood (1967), Cobby & Le Du (1978), Wilmink (1987) e Pollott (2000) serão ajustados. O modelo mais adequado será escolhido por meio de diferentes critérios de ajuste como quadrado médio residual (QMR), número de iterações, erro de predição, critério de Informação de Akaike (AIC) e critério de Informação Bayesiano de Schuwarz (BIC). Este modelo terá as estimativas de seus parâmetros utilizadas como fenótipos posteriormente. No segundo estágio serão testados diferentes métodos para estimação dos valores genômicos (GBV), tais como: RR-BLUP, Bayes A, Bayes B e LASSO, que irão considerar como fenótipos as estimativas dos parâmetros obtidas anteriormente. A correspondência de fenótipos e GBV será verificada por meio de validação cruzada, o que possibilitará a escolha do método mais adequado para avaliação de características longitudinais em bovinos leiteiros. (AU)