Busca avançada
Ano de início
Entree

Traje de cena e o teatro de bonecos: o Giramundo e o Royal de Luxe

Processo: 13/18207-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Fausto Roberto Poço Viana
Beneficiário:Dalmir Rogério Pereira
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cenografia   Figurino   Teatro de animação   Teatro de bonecos   História do teatro

Resumo

O projeto Traje de Cena e o Teatro de Bonecos: O Giramundo e o Royal de Luxe busca analisar e refletir sobre os elementos específicos que compõem o traje de cena no teatro de bonecos. Através de uma visão panorâmica da história do teatro de bonecos, identifica a semelhança de construção dos trajes de cena dos bonecos e dos "humanos" dos períodos em que os bonecos surgem. A pesquisa busca revelar que o traje de cena (figurino) dos bonecos sempre seguiu, de alguma maneira, seja no emprego dos materiais, no formato ou nos elementos que o compõem, o traje "humano" nas suas diversas variantes. Como estudo de caso, optou-se pelo trabalho de duas companhias distintas contemporâneas: o grupo de teatro de bonecos brasileiro Giramundo (de Minas Gerais) e o grupo francês de teatro de rua Royal de Luxe (de Nantes). A análise do trabalho é feita a partir do trabalho de três espetáculos de cada companhia. Do Giramundo, Cobra Norato (1979), Giz (1988/2008) e Vinte Mil Léguas Submarinas (2007/ 2012). Do Royal de Luxe, os espetáculos que compõem A Saga dos Gigantes, realizada entre 1994 e 2012. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Dalmir Rogério. As dimensões do traje de cena no Giramundo e no Royal de Luxe. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.