Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento preditivo dos solos de Presidente Prudente - SP, com uso de redes neurais artificiais (RNA): uma contribuição à análise da paisagem

Processo: 13/03505-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 04 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Pesquisador responsável:José Tadeu Garcia Tommaselli
Beneficiário:Janaina Natali Antonio
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/14461-5 - Mapeamento preditivo dos solos de Presidente Prudente - SP, com uso de redes neurais artificiais (RNA): uma contribuição à análise da paisagem, BE.EP.DR
Assunto(s):Redes neurais (computação)   Uso do solo   Sensoriamento remoto   Mapeamento do solo   Presidente Prudente (SP)

Resumo

A proposta deste estudo é a elaboração de um mapeamento preditivo de solos no município de Presidente Prudente - SP, com o uso da metodologia de classificação por redes neurais artificiais (RNA), visando contribuir para a análise integrada da paisagem, por meio dos elementos da geomorfologia, tipos de solos, declividades e ação antrópica (uso do solo). Considerando que a paisagem é composta por elementos físicos, biológicos e antrópicos, que se relacionam dialeticamente, a alteração em um destes elementos acarretará consequências em todos os outros. Assim, considera-se que as possíveis alterações físicas na composição dos solos podem estar diretamente relacionadas ao seu tipo de uso, principalmente, no caso das áreas agrícolas e urbanas, que apresentam um intenso grau de transformação das paisagens. O município de Presidente Prudente - SP, localizado no oeste paulista, possui área territorial de 562,795 km² e não possui levantamentos detalhados de solos da região. A elaboração de mapas de solos é uma tarefa morosa e com altos custos, de forma que poucos levantamentos são realizados em níveis detalhados. A utilização de novas técnicas, como o uso de dados geoespaciais e produtos de sensoriamento remoto, tem demonstrado eficácia nos resultados de mapeamento digitais de solos. O mapeamento preditivo será realizado com uso das redes neurais artificiais (RNA), que são uma técnica capaz de realizar o reconhecimento de padrões e classificação de imagens digitais associadas a dados auxiliares, que neste estudo serão: a geomorfologia, a declividade do terreno e as análises granulométricas de amostras coletadas em trabalhos de campo. Os trabalhos de campo e análises laboratoriais serão realizados em parceria com o Laboratório de Solos, da Universidade Estadual Paulista - UNESP, campus de Presidente Prudente - SP. Após as classificações obtidas com o uso das redes neurais Artificiais (RNA), será realizada uma avaliação da influência das variáveis e da arquitetura que apresentarem os melhores resultados para este tipo de estudo, podendo assim, ser aplicada em outras áreas. A realização do mapeamento preditivo dos solos no município poderá ser utilizada para fins de planejamento e ordenamento territorial, bem como para outras atividades e estudos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANTONIO, Janaina Natali. Classificação de Antropossolos em áreas de antigos depósitos de resíduos sólidos urbanos em Presidente Prudente - SP : contribuição metodológica. 2017. 193 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.