Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do gasto energético de repouso e identificação de fatores de risco para hiper e hipometabolismo em pacientes com lesão renal aguda submetidos a diferentes tipos de diálise

Processo: 13/00315-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Daniela Ponce
Beneficiário:Cassiana Regina de Góes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo energético   Diálise   Lesão renal aguda   Nutrição humana

Resumo

A determinação do gasto energético de repouso (GER) é importante para ajustar a oferta nutricional dos indivíduos, principalmente pacientes críticos, pois permite o planejamento de uma nutrição adequada para assegurar que suas necessidades energéticas sejam satisfeitas e evitar as complicações associadas à hiper ou subalimentação. O GER é influenciado por vários fatores, como sexo, idade, peso, estatura, etnia, composição corporal e em pacientes críticos, somados a esses fatores, existem a influência da doença e os efeitos do tratamento. A Lesão Renal Aguda (LRA) é um distúrbio complexo que ocorre em uma variedade de situações, com manifestações clínicas que podem variar de mínimas elevações na creatinina sérica até insuficiência renal com necessidade de diálise. Quando a LRA é monofatorial e não complicada parece não alterar o GER, apesar de o rim ser responsável por aproximadamente 10% do GER. Tão importante quanto à própria LRA no prognóstico destes pacientes são as comorbidades, o estado nutricional pregresso, as complicações como infecção, inflamação e suporte ventilatório, os quais alteram o GE desses pacientes. Até o presente momento, não há estudos que avaliaram o GER de pacientes com LRA em terapia renal substitutiva. A determinação do GER nesses pacientes, assim como a identificação de fatores que influenciam o seu metabolismo são importantes para guiar a prescrição da terapia nutricional, evitando subnutrição e hiperalimentação, condições que aumentam a morbi-mortalidade de pacientes críticos. Os objetivos do presente estudo são determinar o GER de pacientes com LRA tratados por diferentes tipos de diálise e identificar os fatores associados ao hiper e hipometabolismo nessa população. Este será um estudo tipo coorte prospectivo que avaliará pacientes maiores de 18 anos, internados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e acompanhados pelo Grupo da LRA da Disciplina de Nefrologia do Departamento de Clínica Médica, durante 24 meses consecutivos. Serão incluídos pacientes com diagnóstico de LRA de acordo com os critérios do AKIN, com quadro clínico sugestivo de Necrose Tubular Aguda (NTA), necessidade de terapia renal substitutiva (AKIN estágio 3), que estiverem recebendo dieta via enteral ou parenteral, submetidos à avaliação nutricional e com acompanhamento nefrológico de pelo menos 2 dias, após iniciar a terapia dialítica. Todos os pacientes incluídos no estudo serão acompanhados por meio de um protocolo clínico composto por dados gerais, nutricionais, avaliação do GER, exames bioquímicos e avaliação de quadro infeccioso. O GER será estimado pela equação de Harris-Benedict e determinado por meio da calorimetria indireta(CI), antes do início da terapia dialítica e diariamente durante todo o acompanhamento, sendo realizada uma vez ao dia quando indicados métodos contínuos de suporte renal agudo e duas vezes ao dia quando indicados métodos intermitentes (durante e após a terapia dialítica). A CI será realizada pelo aparelho QUARK RMR da COSMED, conforme instruções do fabricante. O GER obtido pela CI será classificado como normal, baixo ou aumentado, de acordo com o GER estimado. Estima-se que serão avaliados, até o final do estudo, cerca de 120 pacientes submetidos a 480 sessões de diálise. O acompanhamento será encerrado no momento da suspensão da diálise por recuperação da função renal ou óbito do paciente. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE GOES, CASSIANA R.; BALBI, ANDRE LUIS; PONCE, DANIELA. Evaluation of Factors Associated with Hypermetabolism and Hypometabolism in Critically Ill AKI Patients. NUTRIENTS, v. 10, n. 4 APR 2018. Citações Web of Science: 1.
DE GOES, CASSIANA R.; VOGT, BARBARA PEREZ; SANCHES, ANA CLAUDIA S.; BALBI, ANDRE L.; PONCE, DANIELA. Influence of different dialysis modalities in the measurement of resting energy expenditure in patients with acute kidney injury in ICU. Clinical Nutrition, v. 36, n. 4, p. 1170-1174, AUG 2017. Citações Web of Science: 2.
DE GOES, CASSIANA R.; BERBEL-BUFARAH, MARINA N.; SANCHES, ANA CLAUDIA S.; XAVIER, PATRICIA S.; BALBI, ANDRE L.; PONCE, DANIELA. Poor Agreement between Predictive Equations of Energy Expenditure and Measured Energy Expenditure in Critically Ill Acute Kidney Injury Patients. ANNALS OF NUTRITION AND METABOLISM, v. 68, n. 4, p. 276-284, 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.