Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de lesões periapicais induzidas em camundongos osteoporóticos submetidos ou não ao tratamento com alendronato

Processo: 13/18231-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Paulo Nelson Filho
Beneficiário:Priscilla Coutinho Romualdo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Alendronato   Osteoporose   Lesões periapicais

Resumo

Há pouca informação disponível na literatura sobre o impacto da osteoporose e da administração de bisfosfonatos no desenvolvimento e na progressão de lesões periapicais (Xiong et al. 2007; 2010). Tendo em vista que a osteoporose é uma doença que afeta mundialmente a qualidade de vida de muitos pacientes e que a grande maioria destes pacientes fazem uso do alendronato, um bisfosfonato potente, o objetivo do presente estudo será avaliar lesões periapicais induzidas em camundongos osteoporóticos submetidos ou não ao tratamento com alendronato. Após apreciação do projeto de pesquisa pela Comissão de Ética no Uso de Animais da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - USP, serão utilizados 40 camundongos fêmeas C57BL/6, de 6 a 8 semanas de idade. Os animais serão aleatoriamente divididos em 5 grupos: Grupo I - Sham (cirurgia fictícia) (n=5 animais); Grupo II - Sham e indução de lesão periapical (n=5); Grupo III - os animais serão submetidos à OVX (ovariectomia) e à indução de lesão periapical (n=10); Grupo IV - OVX, indução de lesão periapical e tratamento com alendronato de sódio (ALD) (n=10); Grupo V - OVX, indução de lesão periapical e tratamento com água destilada (n=10). Os animais dos grupos IV e V começarão a receber ALD ou água destilada, via gavagem, 21 dias depois da OVX ou da cirurgia fictícia e até o momento da eutanásia. Semanalmente, os animais serão pesados para controle e para que uma nova solução de ALD seja feita com a concentração adequada, de acordo com a média do peso obtida. Após 21 dias da realização das cirurgias (sham ou OVX) os primeiros molares inferiores dos grupos II, III, IV e V serão submetidos à abertura coronária, os tecidos pulpares serão expostos à cavidade bucal com auxílio de broca dental esférica em baixa rotação e os canais radiculares permanecerão expostos à microbiota bucal para promover a indução de lesões periapicais. Além disso, decorrido o período experimental de 21 dias, será realizada colheita microbiológica do conteúdo dos canais radiculares para a identificação e a quantificação de 40 espécies de micro-organismos, por meio de sondas de DNA (técnica Checkerboard DNA-DNA hybridization) e os animais serão submetidos à eutanásia em câmara de CO2. Tíbias representativas de todos os grupos serão removidas cirurgicamente e a metáfise tibial proximal será analisada por meio do densitômetro de absorbância de raios-X de energia dual Lunar PIXImus, para registro da Densidade Mineral Óssea (BMD), em g/cm2. As hemimandíbulas do lado esquerdo serão removidas, submetidas ao processamento histotécnico e os cortes representativos de cada grupo serão corados com hematoxilina e eosina (HE) e submetidos à análise em microscopia óptica convencional, para descrição do tecido pulpar e das regiões apical e periapical. Paralelamente, será realizada a análise morfométrica da extensão da área das lesões periapicais, em microscopia de fluorescência. Em seguida, espécimes sequenciais serão avaliados por meio de histoenzimologia para a atividade da TRAP, para identificação e contagem do número de osteoclastos, coloração de Brown & Brenn para avaliação da presença e localização de bactérias e imunohistoquímica para avaliação dos marcadores da osteoclastogênese (RANK, RANKL e OPG) e da Catepsina K. As hemimandíbulas do lado direito serão removidas e submetidas à detecção da expressão gênica de citocinas pró-inflamatórias (IL-1², IL-6, IL-10 e TNF-±) e de metaloproteinases da matriz (MMP-1, MMP-8 e MMP-13), por meio da reação em cadeia da polimerase em tempo real (RT-PCR). Os resultados obtidos serão submetidos à análise estatística com nível de significância de 5%. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, R. A. B.; SOUSA-PEREIRA, A. P.; LUCISANO, M. P.; ROMUALDO, P. C.; PAULA-SILVA, F. W. G.; CONSOLARO, A.; SILVA, L. A. B.; NELSON-FILHO, P. Alendronate inhibits osteocyte apoptosis and inflammation via IL-6, inhibiting bone resorption in periapical lesions of ovariectomized rats. International Endodontic Journal, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
ROMUALDO, PRISCILLA COUTINHO; FERNANDES FURLANETTO CUNHA, NAYANE BARBOSA; LEONI, GRAZIELA BIANCHI; SOUSA-NETO, MANOEL DAMIAO; CONSOLARO, ALBERTO; DE QUEIROZ, ALEXANDRA MUSSOLINO; BEZERRA DA SILVA, RAQUEL ASSED; BEZERRA DA SILVA, LEA ASSED; NELSON-FILHO, PAULO. The effect of ovariectomy and 2 antiresorptive therapeutic agents on bone response in rats: A 3-dimensional imaging analysis. ORAL SURGERY ORAL MEDICINE ORAL PATHOLOGY ORAL RADIOLOGY, v. 126, n. 3, p. 218-225, SEP 2018. Citações Web of Science: 0.
ROMUALDO, PRISCILLA COUTINHO; LUCISANO, MARILIA P.; PAULA-SILVA, FRANCISCO WANDERLEY G.; LEONI, GRAZIELA B.; SOUSA-NETO, MANOEL D.; SILVA, RAQUEL ASSED B.; SILVA, LEA ASSED B.; NELSON-FILHO, PAULO. Ovariectomy Exacerbates Apical Periodontitis in Rats with an Increase in Expression of Proinflammatory Cytokines and Matrix Metalloproteinases. JOURNAL OF ENDODONTICS, v. 44, n. 5, p. 780-785, MAY 2018. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ROMUALDO, Priscilla Coutinho. Avaliação dos ossos maxilares e de lesões periapicais induzidas em ratas ovariectomizadas submetidas ou não ao tratamento com bisfosfonato ou com inibidor da catepsina K. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.