Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso do zebrafish como modelo animal para o estudo de epilepsias genéticas

Processo: 13/18775-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Beneficiário:Marina Coelho Gonsales
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07559-3 - Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia - BRAINN, AP.CEPID
Assunto(s):Neurologia

Resumo

O zebrafish (Danio rerio) constitui um modelo animal promissor para estudos de biologia do desenvolvimento e de doenças humanas. Dentre as muitas vantagens deste modelo em comparação aos roedores estão a facilidade de visualização das etapas iniciais do desenvolvimento e o custo de manutenção relativamente baixo. O modelo zebrafish é considerado geneticamente útil na investigação de patologias humanas, com recentes aplicações bem sucedidas desse modelo nos estudos das epilepsias. No entanto, os estudos utilizando zebrafish para elucidar os mecanismos envolvidos nas epilepsias ainda são relativamente escassos. Sendo assim, o objetivo principal deste projeto é estabelecer um modelo genético de zebrafish para epilepsias. Para tanto, a estratégia inicialmente empregada será o knockdown dos genes ortólogos ao SCN1A, um dos genes com maior aplicabilidade clínica dentre os já identificados para as diferentes síndromes epilépticas, utilizando morfolinos (MO) antisenso a fim de bloquear a expressão do mRNA alvo em zebrafish. As novas técnicas que serão estabelecidas no laboratório permitirão ao nosso grupo desenvolver uma linha de pesquisa inovadora e se tornar mais competitivo internacionalmente no que diz respeito aos estudos das epilepsias utilizando zebrafish

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONSALES, MARINA C.; MONTENEGRO, MARIA AUGUSTA; PRETO, PAULA; GUERREIRO, MARILISA M.; COAN, ANA CAROLINA; QUAST, MONICA PAIVA; CARVALHO, BENILTON S.; LOPES-CENDES, ISCIA. Multimodal Analysis of SCN1A Missense Variants Improves Interpretation of Clinically Relevant Variants in Dravet Syndrome. FRONTIERS IN NEUROLOGY, v. 10, MAR 28 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.