Busca avançada
Ano de início
Entree

Vias de sinalização celular envolvidas na resposta imunológica do carrapato bovino Rhipicephalus microplus

Processo: 13/25213-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 25 de março de 2014
Vigência (Término): 18 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Pesquisador responsável:Sirlei Daffre
Beneficiário:Janaína Capelli Peixoto
Supervisor no Exterior: Massaro Wilson Ueti
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Washington State University (WSU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/23549-2 - Vias de sinalização celular envolvidas na resposta imunológica do carrapato bovino Rhipicephalus microplus, BP.DR
Assunto(s):Imunologia   Artrópodes   Rhipicephalus   Carrapatos   Ectoparasitoses   Anaplasma marginale

Resumo

Carrapatos são aracnídeos ectoparasitos hematófagos obrigatórios e vetores de diversas espécies de protozoários, bactérias e vírus que causam importantes enfermidades que acometem vertebrados em todo mundo. No Brasil, o principal ectoparasita que causa grande prejuízo à pecuária é o carrapato bovino Rhipicephalus microplus, que pode atuar como vetor da bactéria Anaplasma marginale, agente etiológico da anaplasmose bovina. Com os avanços de técnicas moleculares, como o silenciamento gênico, por exemplo, a complexidade da interface vetor-patógeno tem sido mais estudada e melhor entendida. Apesar disso, ainda há poucos estudos que descrevem os fatores que controlam a infecção da A. marginale no R. microplus, principalmente no que diz respeito as defesas imunológicas do vetor. Em insetos, o reconhecimento de microrganismos invasores pode ativar diferentes vias de sinalização celular envolvidas na resposta imunológica: TOLL, IMD, JNK e JAK/STAT, as quais induzem a expressão de peptídeos antimicrobianos (AMPs) e outras moléculas que atuam no controle do patógeno. O conhecimento a respeito da ativação do sistema imunológico em aracnídeos ainda é escasso, quando comparado ao de insetos. Nesse contexto, propomos investigar em carrapatos R. microplus quais as vias de sinalização celular estão relacionadas com o controle da infecção por A. marginale, correlacionar as vias de sinalização com a expressão de genes efetores e ainda avaliar o controle dos AMPs defensina, ixodidina e microplusina sobre a infecção. Este estudo, inédito em aracnídeos, ampliará o conhecimento sobre o sistema imune de carrapatos e fornecerá ferramentas valiosas para o estudo da interface vetor-patógeno, gerando dados que possam servir de base para trabalhos que envolvam novas estratégias de controle do vetor e da anaplasmose. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAPELLI-PEIXOTO, J.; CARVALHO, DANIELLE D.; JOHNSON, WENDELL C.; SCOLES, GLEN A.; FOGACA, ANDREA C.; DAFFRE, SIRLEI; UETI, MASSARO W. The transcription factor Relish controls Anaplasma marginale infection in the bovine tick Rhipicephalus microplus. DEVELOPMENTAL AND COMPARATIVE IMMUNOLOGY, v. 74, p. 32-39, SEP 2017. Citações Web of Science: 4.
ROSA, RAFAEL D.; CAPELLI-PEIXOTO, JANAINA; MESQUITA, RAFAEL D.; KALIL, SANDRA P.; POHL, PAULA C.; BRAZ, GLORIA R.; FOGACA, ANDREA C.; DAFFRE, SIRLEI. Exploring the immune signalling pathway-related genes of the cattle tick Rhipicephalus microplus: From molecular characterization to transcriptional profile upon microbial challenge. DEVELOPMENTAL AND COMPARATIVE IMMUNOLOGY, v. 59, p. 1-14, JUN 2016. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.