Busca avançada
Ano de início
Entree

Coh-Metrix-Dementia: Análise Automática de Distúrbios de Linguagem nas Demências utilizando Processamento de Línguas Naturais

Processo: 13/16182-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 29 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Pesquisador responsável:Sandra Maria Aluísio
Beneficiário:Andre Luiz Verucci da Cunha
Instituição Sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Aprendizado computacional   Processamento de linguagem natural   Diagnóstico precoce
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:afasias progressivas primárias | Aprendizado de Máquina | Diagnóstico precoce | fala transcrita | Processamento de Línguas Naturais | Processamento de Línguas Naturais

Resumo

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a demência é um problema de custo social elevado, cujo manejo é um desafio para as próximas décadas. Um tipo de demência é a Afasia Progressiva Primária (APP), uma desordem neurodegenerativa que afeta predominante a linguagem e que se apresenta em três variantes: a Afasia Progressiva Não Fluente, a Demência Semântica e a Afasia Logopênica. O diagnóstico da afasia e de suas variantes é feito com base na análise do discurso do paciente. Testes clássicos para tanto incluem testes de fluência, nomeação e repetição; entretanto, pesquisas recentes têm reconhecido cada vez mais a importância da análise da produção discursiva como uma alternativa mais adequada. Enquanto uma análise qualitativa do discurso pode revelar o tipo da doença apresentada pelo paciente, uma análise quantitativa é capaz de revelar a intensidade do dano cerebral existente. A grande dificuldade de análises quantitativas de discurso é sua exigência de esforços: o processo de análise rigorosa e detalhada da produção oral é bastante laborioso, o que dificulta sua adoção em larga escala. Nesse cenário, análises computadorizadas despontam como uma solução de interesse. Ferramentas de análise automática de discurso com vistas ao diagnóstico de demências de linguagem já existem para o inglês, mas nenhum trabalho nesse sentido foi feito para o português até o presente momento. Este projeto visa criar um ambiente, intitulado Coh-Metrix-Dementia, que se valerá de recursos e ferramentas de Processamento de Línguas Naturais (PLN) e de Aprendizado de Máquina para possibilitar a análise e o reconhecimento automatizados da APP e de suas variantes. Essa ferramenta suprirá uma lacuna significativa nas ferramentas de PLN para o português do Brasil e fornecerá a médicos e pesquisadores análises discursivas rápidas e sistematizadas, fomentando assim a pesquisa em detecção e gerenciamento de demências.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CUNHA, Andre Luiz Verucci da. Coh-Metrix-Dementia: análise automática de distúrbios de linguagem nas demências utilizando Processamento de Línguas Naturais. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC/SB) São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.