Busca avançada
Ano de início
Entree

Variabilidade e sinal filogenético da morfologia em organismos coloniais marinhos: um estudo com a família Campanulariidae (Cnidaria, Hydrozoa)

Processo: 13/25874-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de abril de 2014
Vigência (Término): 09 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Marques
Beneficiário:Amanda Ferreira e Cunha
Supervisor no Exterior: Allen G. Collins
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Smithsonian National Museum of Natural History, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/22260-9 - Variabilidade e sinal filogenético da morfologia em organismos coloniais marinhos: um estudo com a família Campanulariidae (Cnidaria, Hydrozoa), BP.DR
Assunto(s):Cnidários   Hidrozoários   Morfometria   Plasticidade fenotípica

Resumo

Muitos estudos taxonômicos têm utilizado dados moleculares e morfológicos para reavaliar os limites interespecíficos de grupos com morfologia variável. A sobreposição dos caracteres diagnósticos das espécies leva a muitas confusões taxonômicas e a discordâncias sobre a relevância dos caracteres morfológicos utilizados para delimitar as espécies. A família Campanulariidae é conhecida pela sua ampla variabilidade morfológica e história taxonômica complexa. No meu projeto de doutorado, os padrões de variabilidade morfológica das espécies de Campanulariidae estão sendo interpretados com base nas suas relações filogenéticas para compreender a amplitude de variação dos caracteres tradicionalmente utilizados na taxonomia da família. O estágio de pesquisa no exterior é de grande importância para os objetivos do doutorado, já que permitirá o acesso a uma vasta coleção de espécimes da família Campanulariidae, além de permitir o contato com um ambiente acadêmico muito produtivo. Como parte do estágio, pretendo estudar várias espécies da família Campanulariidae depositadas nas coleções do National Museum of Natural History, Smithsonian Institution (NMNH), assim como materiais tipo e vouchers de sequências depositadas no GenBank. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CUNHA, AMANDA F.; COLLINS, ALLEN G.; MARQUES, ANTONIO C. Phylogenetic relationships of Proboscoida Broch, 1910 (Cnidaria, Hydrozoa): Are traditional morphological diagnostic characters relevant for the delimitation of lineages at the species, genus, and family levels?. Molecular Phylogenetics and Evolution, v. 106, p. 118-135, JAN 2017. Citações Web of Science: 11.
CUNHA, AMANDA F.; MARONNA, MAXIMILIANO M.; MARQUES, ANTONIO C. Variability on microevolutionary and macroevolutionary scales: a review on patterns of morphological variation in Cnidaria Medusozoa. ORGANISMS DIVERSITY & EVOLUTION, v. 16, n. 3, p. 431-442, SEP 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.