Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da IL-6 hipotalâmica sobre a ativação da via AMPK/ACC no músculo esquelético de camundongos: o papel do exercício físico

Processo: 13/26053-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Eduardo Rochete Ropelle
Beneficiário:Thayana de Oliveira Micheletti
Supervisor: María del Carmen García García
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Santiago de Compostela, Santiago (USC), Espanha  
Vinculado à bolsa:12/23006-1 - Efeito da IL-6 hipotalâmica sobre a ativação da via AMPK/ACC no músculo esquelético de camundongos: O papel do exercício físico., BP.MS
Assunto(s):Fisiologia do exercício   Exercício físico   Proteínas quinases ativadas por AMP   Hipotálamo   Interleucina-6
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Acc | Ampk | exercício físico | Hipotálamo | interleucina 6 | Fisiologia do Exercício

Resumo

O hipotálamo é uma estrutura do sistema nervoso central responsável por controlar diversas funções do organismo, como: gasto energético, temperatura corporal, ingestão alimentar dentre outras. Estudos recentes apontam para uma intrigante relação entre o hipotálamo e o metabolismo do músculo esquelético, uma vez que diferentes regiões hipotalâmicas são responsáveis, ao menos em parte, pela captação de glicose, atrofia, sensibilidade à insulina e pela oxidação de ácidos graxos na musculatura esquelética. Designadamente, a via de sinalização Jak2/STAT3 no hipotálamo parece exercer papel importante no metabolismo do músculo, em especial sobre a oxidação dos ácidos graxos. Adicionalmente, um extenso acumulado de evidências demonstra que a Interleucina-6 (IL-6), uma mioquína secretada pelo músculo em contração, exerce seus efeitos biológicos de maneira parácrina através da via de sinalização Jak2/STAT3 em diversos tecidos, incluindo o tecido hipotalâmico. Desta forma, a IL-6 vem sendo valorizada como uma molécula chave nessa estreita relação entre o músculo e o hipotálamo. Assim o objetivo desse projeto será avaliar se a ação da IL-6 no hipotálamo é capaz de ativar as vias de sinalização responsáveis pela oxidação de ácidos graxos no músculo esquelético de camundongos exercitados. Acreditamos que a realização deste projeto poderá contribuir de maneira significativa para o entendimento da relação entre hipotálamo e musculo em resposta ao exercício físico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KATASHIMA, CARLOS KIYOSHI; MICHELETTI, THAYANA DE OLIVEIRA; BRAGA, RENATA ROSSETO; GASPAR, RODRIGO STELLZER; GOEMINNE, LUDGER J. E.; MOURA-ASSIS, ALEXANDRE; CRISOL, BARBARA MOREIRA; BRICOLA, RAFAEL S.; SILVA, VAGNER RAMON R.; RAMOS, CAMILA DE OLIVEIRA; et al. Evidence for a neuromuscular circuit involving hypothalamic interleukin-6 in the control of skeletal muscle metabolism. SCIENCE ADVANCES, v. 8, n. 30, p. 14-pg., . (12/23006-1, 19/21709-4, 13/26053-3, 18/04192-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.