Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de novas proteínas que interagem com IRE-1alpha e seu papel no estresse de retículo e inflamação em células-beta pancreáticas

Processo: 13/25835-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 10 de abril de 2014
Vigência (Término): 09 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Boschiero
Beneficiário:Tarlliza Romanna Nardelli
Supervisor: Décio L. Eizirik
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Université Libre de Bruxelles (ULB), Bélgica  
Vinculado à bolsa:11/22852-3 - Envolvimento da prolactina na prevenção da disfunção e morte de células beta pancreáticas induzida pelo estresse de retículo endoplasmático, BP.DD
Assunto(s):Células secretoras de insulina   Retículo endoplasmático
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:beta cells | ER stress | IRE-1alpha | Pâncreas Endócrino

Resumo

O Diabetes tipo I (DM1) é desencadeado por um ataque autoimune com potente papel inflamatório. Recentes descobertas sugerem que componentes da via UPR (resposta à proteínas malformadas) estão presentes em ilhotas de pacientes DM1 e contribuem para desencadear diabetes em modelos de roedores. A UPR é ativada para melhorar a capacidade funcional do retículo endoplasmático (ER), quando este se depara com aumento da demanda por tradução de proteínas. A UPR amplifica a inflamação nas células-beta pelo aumento da expressão pro-inflammatory transcription factor nuclear factor-kappaB (NF-kappaB) e seus alvos downstream. Um dos componentes-chave da UPR é a proteína de membrana do ER, IRE-1alpha. Esta proteína é regulada pela acumulação de proteínas mal dobradas dentro do ER e por interações com proteínas reguladoras citosólicas, que ainda não estão identificadas em células-beta pancreáticas. Experimentos realizados pelo laboratório do professor Décio L. Eizirik (ULB-Bélgica) sugerem que IRE-1alpha, e sua proteína alvo X -box binding protein 1 (XBP-1), são as moléculas reguladoras chave no cross-talk entre estresse de ER e inflamação em células-beta. Portanto, no presente estudo, pretende-se determinar e caracterizar novas proteínas de interação com IRE-1alpha em células-beta pancreáticas e investigar o seu papel na ativação de IRE-1alpha por citocinas e modulação da UPR, e na amplificação da resposta inflamatória. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)