Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação microtomográfica e histomorfométrica do processo de reparo de defeitos ósseos tratados com HA/TCP porosa e osso inorgânico bovino em crânio de coelhos

Processo: 13/23208-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Rumio Taga
Beneficiário:Suelen Paini
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Histomorfometria   Microtomografia   Regeneração óssea   Osteocondução   Biomateriais   Análise de variância

Resumo

Este trabalho visa avaliar comparativamente a neoformacão óssea em defeitos ósseos perenes em crânio de coelhos tratados com a) cerâmica bifásica a base de hidroxiapatia e fosfato tricálcio (HA/TCPp) e b) osso inorgânico bovino (Bio-Oss). Em 12 coelhos brancos (Oryctolagus cuniculus) adultos, serão criados com trefina cirúrgica dois defeitos ósseos de 9 mm nos ossos parietais de cada coelho, sendo que o defeito esquerdo será preenchido com 200mg de HA/TCPp e o defeito direito com 200mg de Bio-Oss. Após os períodos de 4 e 8 semanas (6 animais por período), a região da calvária de cada animal será coletada e fixada em formalina 10% em tampão fosfato por uma semana. Terminada a fixação as peças serão analizadas por microtomografia computadorizada para a avaliação do volume do enxerto e do tecido ósseo noeformado comparativamente entre os grupos e períodos experimentais. À seguir, as peças serão desmineralizadas e processadas histologicamente. Em cortes semi-seriados de 5mm corados pela HE será verificado histologicamente a resposta tecidual frente aos materiais implantados e avaliado histomorfometricamente os valores percentuais de tecido ósseo neoformado, tecido conjuntivo, material residual e tecido mielóide. Todos os resultados serão comparados pela análise de variância (ANOVA) ou Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade da distribuição dos resultados e contraste de médias entre os diferentes períodos e grupos experimentais. Será adotado o nível de significância de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)