Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização e papel dos receptores de rianodina na neurodegeneração retiniana induzida por trauma mecânico

Processo: 13/21548-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Alexandre Hiroaki Kihara
Beneficiário:Francielison Alves dos Santos
Instituição-sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Degeneração neural   Retículo endoplasmático   Cálcio   Retina

Resumo

A morte celular programada neuronal depende de diversos sinalizadores para a ativação de vias celulares específicas. Estudos recentes têm demonstrado que, a concentração citosólica do Ca²+ desempenha papel importante neste processo. A concentração citosólica de Ca²+ pode ser regulada por proteínas ligantes, proteínas transportadoras e canais localizados na membrana celular e em algumas organelas que estocam o cálcio em seu interior, como o retículo endoplasmático (RE). A liberação do Ca²+ contido nos estoques intracelulares é regulada por canais presentes na membrana do RE. Estes receptores são produtos de duas famílias gênicas distintas, conhecidos como receptores de rianodina (RyR) e de inositol 1,4,5-trifosfato (IP3R). Os RyRs apresentam 3 tipos de isoformas, todas presentes no sistema nervoso. O aumento da concentração de Ca²+ citosólico, dado a ação desses receptores, pode desencadear processos neurodegenerativos como Alzheimer e Parkinson. O objetivo deste estudo é avaliar a regulação dos RyRs no processo neurodegenerativo desencadeado por trauma mecânico focal realizado na retina de ratos. Esta proposta contará com a colaboração de alunos de iniciação científica, pós-graduação e recém-doutores, apoiada pelo Projeto Jovem Pesquisador FAPESP (2008/55210-1). (AU)