Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto de andrógenos na resposta inflamatória, osteoclastogênese e expressão de receptores para hormônios sexuais nos tecidos periodontais de ratas em condições de saúde, doença e reparo periodontal

Processo: 13/23116-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:João Paulo Steffens
Beneficiário:Maria Carolina da Costa Albaricci
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Androgênios   Inflamação   Endocrinologia   Testosterona

Resumo

A etiopatogenia das reações imunoinflamatórias associadas à doença periodontal é um processo complexo estreitamente regulado e que envolve um grande número de moléculas relacionadas com diferentes vias de sinalização celular. Neste contexto, a interação de hormônios e seus receptores, incluindo hormônios sexuais, possui importante participação. É plausível que o papel dos hormônios androgênicos nas reações imunoinflamatórias esteja baseado numa complexa rede de interações que culmina na modulação da resposta do hospedeiro. Particularmente, nosso grupo verificou que, em ratos, os andrógenos em níveis sub e supra- fisiológicos exacerbam a resposta imunoinflamatória e perda óssea alveolar induzida por ligadura. Além disto, níveis fisiológicos de testosterona inibem a osteoclastogênese direta e indiretamente, via diminuição da expressão de RANKL por osteoblastos. Apesar da plausibilidade biológica da participação ativa de hormônios androgênicos na etiopatogênese das doenças periodontais, pouco se conhece sobre a importância de andrógenos nos diferentes eventos que acontecem durante a progressão e reparo da doença periodontal em fêmeas. Este projeto procura estender nossos estudos inibindo os receptores de andrógeno e estrógeno ou então administrando testosterona com ou sem inibidor de aromatase em ratas. Avaliaremos o perfil histológico através de coloração com Hematoxilina e Eosina (H&E) e técnicas de imunohistoquímica para marcação de fosfatase ácida tartarato-resistente (TRAP), receptores de andrógeno e estrógeno em condições de saúde, doença e reparo periodontal.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
STEFFENS, JOAO PAULO; VALENGA, HENRIQUE MEISTER; LEAL SANTANA, LUIS CARLOS; DA COSTA ALBARICCI, MARIA CAROLINA; KANTARCI, ALPDOGAN; SPOLIDORIO, LUIS CARLOS. Role of testosterone and androgen receptor in periodontal disease progression in female rats. Journal of Periodontology, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.
STEFFENS, JOAO PAULO; LEAL SANTANA, LUIS CARLOS; PAIVA PITOMBO, JONLENO COUTINHO; RIBEIRO, DANIEL OLIVIO; COSTA ALBARICCI, MARIA CAROLINA; CUBAS WARNAVIN, STEPHANIE VON STEIN; KANTARCI, ALPDOGAN; SPOLIDORIO, LUIS CARLOS. The role of androgens on periodontal repair in female rats. Journal of Periodontology, v. 89, n. 4, p. 486-495, APR 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.