Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodiversidade e distribuição das diatomáceas e seu uso na bioindicação da qualidade de represas da Bacia do Rio Piracicaba e do Sistema Cantareira

Processo: 13/23703-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Denise de Campos Bicudo
Beneficiário:Stéfano Zorzal de Almeida
Instituição Sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/53898-9 - Reconstrução paleolimnológica da Represa Guarapiranga e diagnóstico da qualidade atual da água e dos sedimentos de mananciais da RMSP com vistas ao gerenciamento do abastecimento, AP.TEM
Assunto(s):Eutrofização   Fitoplâncton   Perifiton   Monitoramento ambiental   Ecossistemas aquáticos   Indicadores biológicos   Diatomáceas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:beta diversidade | Eutrofização | Fitoplâncton | sedimento superficial | Ecologia de reservatórios

Resumo

Um dos maiores problemas do gerenciamento de bacias hidrográficas é a eutrofização dos ecossistemas aquáticos. Uma importante ferramenta para gestão é o monitoramento das variáveis físicas, químicas e biológicas da água e, mais recentemente, do sedimento, que acumula informações espaciais e temporais das alterações ambientais. Diatomáceas são excelentes bioindicadoras da qualidade da água devido à sensibilidade às mudanças físicas e químicas ocorridas no ambiente, contudo pouco se conhece sobre sua ecologia em regiões tropicais, dificultando seu uso na bioindicação. Este projeto visa avaliar as relações entre as espécies de diatomáceas e as variações das condições limnológicas de represas da Bacia do rio Piracicaba e do Sistema Cantareira, considerando tipo de hábitat, conectividade e uso do solo, contribuindo para: (a) caracterização da qualidade ecológica desses sistemas, (b) avaliação do potencial dessas comunidades na bioindicação do estado trófico, e (c) ampliação do conhecimento sobre a ecologia de espécies de diatomáceas tropicais. Serão realizadas amostragens para análise da água e de diatomáceas planctônicas e perifíticas em períodos seco e chuvoso. Para análise geoquímica e das diatomáceas de sedimentos superficiais, as amostragens serão realizadas em período seco. As variáveis da água incluirão: temperatura, pH, condutividade elétrica, transparência, zona eufótica, oxigênio dissolvido, alcalinidade, série nitrogênio, série fósforo, sílica solúvel reativa e clorofila-a. As variáveis dos sedimentos serão: fósforo total, carbono orgânico total, nitrogênio total, isótopos estáveis (´13C e ´15N) e granulometria. As diatomáceas serão analisadas qualitativamente e quantitativamente e serão calculados diversos índices biológicos (diversidade e qualidade da água). Os dados serão analisados a partir de análises de regressão e estatísticas multivariadas de ordenação e classificação. A presente proposta é pioneira para a Bacia do rio Piracicaba e para o Sistema Cantareira. É a terceira no Brasil a avaliar a organização estrutural e o potencial bioindicador das diatomáceas de diferentes hábitats em represas com distintos estados tróficos, destacando o pioneirismo sobre a influência do uso de solo. Vincula-se a um projeto interdisciplinar, no qual contribuirá com informações sobre a biodiversidade e ecologia das diatomáceas a fim de compor um banco de dados regional e sua futura aplicação em modelo de função de transferência (diatomácea-fósforo). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEHMKUHL, ELTON A.; MORALES, EDUARDO A.; TREMARIN, I, PRISCILA; BARTOZEK, ELAINE C. R.; ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; LUDWIG, V, THELMA A.; BICUDO, CARLOS E. DE M.. Two new species of Nitzschia (Bacillariaceae, Bacillariophyta) from tropical reservoirs of southeastern Brazil. PHYTOTAXA, v. 399, n. 1, p. 83-99, . (13/23703-7, 09/53898-9, 13/14337-7)
ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; SOININEN, JANNE; BINI, LUIS M.; BICUDO, DENISE C.. Local environment and connectivity are the main drivers of diatom species composition and trait variation in a set of tropical reservoirs. Freshwater Biology, v. 62, n. 9, p. 1551-1563, . (13/23703-7)
ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; RODRIGUES BARTOZEK, ELAINE C.; MORALES, EDUARDO A.; BICUDO, DENISE C.. Brachysira aristidesii sp. nov. (Bacillariophyceae, Brachysiraceae): a new species from oligotrophic and mesotrophic tropical reservoirs in southeastern Brazil. PHYTOTAXA, v. 456, n. 1, p. 105-113, . (13/23703-7, 13/14337-7, 09/53898-9)
KRYSNA STEPHANNY DE MORAIS; ELAINE RODRIGUES BARTOZEK; STÉFANO ZORZAL-ALMEIDA; DENISE C. BICUDO; CARLOS EDUARDO DE MATTOS BICUDO. Taxonomia e ecologia da ordem Surirellales (Bacillariophyceae) em reservatórios tropicais no Sudeste do Brasil. Acta Limnol. Bras., v. 30, . (09/53898-9, 13/23703-7, 13/14337-7)
ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; BINI, LUIS MAURICIO; BICUDO, DENISE CAMPOS. Beta diversity of diatoms is driven by environmental heterogeneity, spatial extent and productivity. Hydrobiologia, v. 800, n. 1, p. 7-16, . (13/23703-7, 09/53898-9)
SALIM, ALINE; NASCIMENTO, MAJOI DE NOVAES; BINI, LUIS MAURICIO; BICUDO, DENISE CAMPOS. Effects of land use and spatial processes in water and surface sediment of tropical reservoirs at local and regional scales. Science of The Total Environment, v. 644, p. 237-246, . (13/23703-7, 09/53898-9)
ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; BARTOZEK, ELAINE C. RODRIGUES; BICUDO, DENISE C.. Homogenization of diatom assemblages is driven by eutrophication in tropical reservoirs{*}. Environmental Pollution, v. 288, . (13/14337-7, 13/23703-7, 09/53898-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.