Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação das técnicas de microscopia eletrônica de transmissão e histologia, para análise de mixozoários parasitos de peixes provenientes do Rio Batalha, médio Rio Tietê, São Paulo, Brasil

Processo: 13/25623-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Rodney Kozlowiski de Azevedo
Beneficiário:Diego Henrique Mirandola Dias Vieira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/01361-2 - Uso de microscopia eletrônica de transmissão e técnicas moleculares para estudo de mixozoários, BE.EP.MS
Assunto(s):Rio Batalha   Microscopia eletrônica   Parasitologia   Histologia

Resumo

O Estado de São Paulo tem como um de seus principais rios o Tietê, sendo este um manancial extremamente importante devido a sua biodiversidade, utilização em navegações e principalmente como fornecedor direto de água para milhares de habitantes da região. Atualmente, a biodiversidade dos ecossistemas marinhos e dulcícolas tem sido ameaçada, principalmente por problemas ambientais, resultantes da degradação dos ecossistemas. Um exemplo disso é o rio Batalha que pertence à Bacia Hidrográfica do Médio-Tietê, percorre cerca de 167 quilômetros e vem sofrendo com várias agressões antrópicas. Sua nascente está localizada na Serra da Jacutinga (Agudos-SP) desaguando no rio Tietê. Os estudos relacionados com parasitos e outros patógenos de organismos aquáticos têm aumentado consideravelmente a relevância, principalmente daqueles hospedeiros com potencial para o cultivo e comercialização, face ao aumento significativo destas atividades no Brasil e no mundo. Entre os agentes responsáveis por doenças em peixes estão os mixosporídeos, que podem causar grandes prejuízos econômicos, com altas razões de mortalidade. Baseado no exposto, pretende-se nesse estudo avaliar a biodiversidade dos mixosporídeos parasitos de peixes do Rio Batalha, com caracterizações morfológicas através de Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET) e histologia, formulando novos protocolos para o uso destas técnicas, visando minimizar perdas de materiais coletas, visto que existem alguns passos das metodologias empregadas que não apresentam resultados satisfatórios e de qualidade para o diagnóstico. Além disso, existe a importância sócio-econômica deste rio para a região e grande diversidade de peixes, com grandes possibilidades de descrição de novas espécies.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIRANDOLA DIAS VIEIRA, DIEGO HENRIQUE; ALAMA-BERMEJO, GEMA; BARTHOLOMEW, JERRI LEE; ABDALLAH, VANESSA DORO; DE AZEVEDO, RODNEY KOZLOWISKI. Morphological and molecular description of Myxobolus batalhensis n. sp (Myxozoa, Myxosporea), a liver and ovary parasite of Salminus hilarii in Brazil. Parasitology Research, v. 116, n. 12, p. 3303-3313, DEC 2017. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VIEIRA, Diego Henrique Mirandola Dias. Aplicação das técnicas de microscopia eletrônica de transmissão e histologia para análise de mixozoários parasitos de peixes do Rio Batalha, médio Rio Tietê, São Paulo, Brasil. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.