Busca avançada
Ano de início
Entree

Disfunção tireoidiana em paciente com insuficiência cardíaca: participação de iodo, zinco e selênio

Processo: 13/09094-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Anderson Marliere Navarro
Beneficiário:Livia Fernandes de Lima
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência cardíaca   Saúde pública   Hipotireoidismo   Iodo   Selênio   Zinco

Resumo

A Insuficiência Cardíaca (IC) é um problema de saúde pública e em progressão que envolve como fatores de riscos o estilo de vida, medicamentos, genética, dentre outros, como ingestão dietética inadequada de microelementos como iodo, selênio, zinco e ferro. Pacientes com IC possuem absorção intestinal alterada, ingestão alimentar inadequada e uso de medicamentos que interferem no metabolismo desses micronutrientes. Isso pode gerar uma alteração no perfil dos microelementos ocasionando disfunção tireoidiana associada a IC. Dessa forma, investigar o perfil de iodo, selênio e zinco, nos pacientes com IC é de suma importância para esclarecer a participação destes micronutrientes na etiologia do distúrbio tireoidiano. Sendo assim, o objetivo do trabalho é avaliar os níveis desses micronutrientes em pacientes com IC e disfunção tireoidiana. Para isso serão selecionados pacientes no ambulatório de IC do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, com avaliação antropométrica, análises de registros alimentares e exames bioquímicos. Pelo método de ICP-MS serão dosadas as concentrações de iodo, zinco, selênio e ferro do sangue e urina dos pacientes e os valores obtidos serão comparados aos de recomendação. Testes estatísticos para verificação das diferenças significativas (p<0,05) serão aplicados. (AU)