Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de fatores que influenciam o balanço energético de mulheres obesas e com sobrepeso em diferentes países

Processo: 13/14489-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Vivian Marques Miguel Suen
Beneficiário:Andresa de Toledo Triffoni Melo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Assunto(s):Balanço de energia   Comportamento alimentar   Obesidade

Resumo

A epidemia da obesidade, maior crise de saúde pública no mundo atualmente, tem impacto negativo na saúde como aumento das taxas de doenças crônicas, incluindo diabetes e doença cardiovascular, e comprometimento do desempenho cognitivo. Desta maneira, o presente projeto, parte de um estudo piloto multicêntrico, tem como objetivo principal identificar e comparar os fatores que influenciam o balanço energético de mulheres obesas e com sobrepeso em diferentes países (Brasil, China, Estados Unidos, Finlândia e Índia). Serão selecionadas 50 mulheres com idade entre 30 e 50 anos, sendo 25 com sobrepeso (índice de massa corporal - IMC de 25 a 29,9 kg/m²) e 25 com obesidade (IMC de 30 a 35 kg/m²). O estudo transversal terá duração de 14 dias, sendo que no dia 1 as participantes serão submetidas a avaliações para determinação de gasto energético de repouso (por meio de calorimetria indireta), de atividade física (com uso de acelerômetro), da ingestão alimentar (registro alimentar de 3 dias, a partir do primeiro dia; e questionários de frequência alimentar e sobre estoque de alimentos) e das condições de saúde (perfil lipídico e glicose no sangue, e antropometria: peso corporal, estatura e circunferências - cintura e quadril), além de outros questionários abordando fatores comportamentais, sociológicos, de estilo de vida e das condições de saúde, e avaliação da imagem corporal das participantes por meio de um software. Ainda no primeiro dia, 20 participantes (10 com sobrepeso e 10 com obesidade), que farão o teste da água duplamente marcada para a medida do gasto energético total, receberão uma dose desta água, e amostras de urina serão coletadas antes e 3, 4 e 5 horas após a ingestão. No dia 7 do estudo uma amostra de urina será coletada das 20 participantes envolvidas no método da água duplamente marcada, e o peso corporal será avaliado de todas as participantes. O acelerômetro será retirado das 30 participantes não envolvidas no método da água duplamente marcada no dia 7 do estudo. No dia 14, último dia, novamente uma amostra da urina das 20 participantes será coletada e o acelerômetro será retirado, além da avaliação do peso corporal de todas as 50 voluntárias. Os resultados deste estudo poderão auxiliar no melhor entendimento dos fatores envolvidos no balanço energético e que contribuem para o aumento da obesidade e de comorbidades no mundo, possibilitando o desenvolvimento de estratégias terapêuticas mais efetivas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.