Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do laser de baixa potência associado ou não a exercícios físicos em indivíduos com osteoartrite de joelhos: ensaio clínico randomizado sobre o impacto da fisioterapia no controle postural e funcionalidade

Processo: 13/18319-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Daniela Cristina Carvalho de Abreu
Beneficiário:Roberta de Matos Brunelli Braghin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/02092-5 - Estresse da articulação fêmoro-patelar em corredores, BE.EP.DR
Assunto(s):Terapia a laser de baixa intensidade   Exercício físico   Osteoartrite do joelho

Resumo

O objetivo deste estudo será verificar os efeitos da fisioterapia (laser de baixa potência e exercícios físicos), de forma associada ou isolada, em indivíduos com osteoartrite (OA) de joelhos. Serão avaliados 60 indivíduos com diagnóstico de OA de joelhos graus I-III por meio de radiografia, que serão divididos em 4 grupos: 1) GC (n=15) = Grupo Controle, indivíduos com OA sem tratamento; 2) GL (n=15) = Grupo Laser, tratados com laser 808nm e densidade de energia 5.5J; 3) GE (n=15) = Grupo Exercício, tratados por meio de exercícios físicos (aquecimento, fortalecimento, atividade aeróbica e alongamento); 4) GLE (n=15) = Grupo Laser e exercício, tratados com laser e exercícios. As intervenções serão realizadas durante 2 meses, 2 vezes por semana. Serão realizadas avaliações isocinéticas para análise da força e potência dos músculos extensores do joelho nas velocidades angulares 60°/s e 180°/s com o equipamento Biodex, análise das variáveis da marcha: velocidade, cadência, comprimento do passo, duração da fase de apoio, duração da fase de apoio único e a variabilidade da marcha intra-indivíduos com o equipamento Gaitrite e a funcionalidade e o controle postural através do Balance Master em 3 diferentes situações: posição estática (ortostática) olhos abertos e olhos fechados, teste de levantar-se de uma cadeira e subir degraus. Após 2 meses, todas as avaliações serão refeitas. Para a análise estatística será realizada MANOVAs, ANOVAs, testes de Correlação de Pearson e análises de Regressão linear. Quando houver necessidade análises univariadas e testes post hoc (Tukey) serão realizados.O nível de significância adotado será de 5% (p d 0,05). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.