Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioestimulação de célula-tronco mesenquimal de rato sob ação da luz contínua e pulsátil de 630 nm utilizando LED.

Processo: 14/00404-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 01 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Elenice Deffune
Beneficiário:Ana Claudia Simões
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/19998-1 - Bioestimulação de célula-tronco mesenquimal de rato sob ação da luz contínua e pulsátil de 630 nm utilizando LED, AP.R
Assunto(s):Cultura de células   Células-tronco mesenquimais   LED

Resumo

Na fase experimental da pesquisa, serão cultivadas células-tronco mesenquimais in vitro, posteriormente, ocorrerá a aplicação do LED e as análises biológicas quantitativas e qualitativas das amostras celulares. O objetivo geral do projeto é a avaliação da ação do LED de 630nm de comprimento como bioestimulador de CTM em cultura em duas diferentes situações: exposição à luz contínua e à luz pulsátil. Os objetivos específicos são: 1) Estabelecer parâmetros quantitativos e qualitativos pelo uso do LED como bioestimulador; 2) determinar a viabilidade celular e o tempo de confluência em cultura a 80%; 3) caracterizar fenotipicamente a expressão de marcadores de superfície; 4) estabelecer o índice de apoptose e necrose celular; 5) monitorar a secreção de citocinas no sobrenadante das células em cultura; 6) determinar o potencial de diferenciação osteo, condro e adipogênico; 7) analisar o índice de dano do DNA pelo teste do cometa e micronúcleo. Sendo assim, devido ao grande número de procedimentos técnicos envolvendo a cultura celular, desde a obtenção e extração das células-tronco mesenquimais, sua quantificação, caracterização, expansão e diferenciação, a bolsa TT-III terá foco exatamente nos procedimentos de cultura celular. Estes procedimentos requerem treinamento especializado, cuidado na manipulação e o preparo de meios de culturas e aditivos que tornam a atividade exclusiva. O plano de trabalho no primeiro ano é composto das seguintes etapas: 1) cuidado dos animais no biotério; 2) coleta, expansão e caracterização das CTMs do tecido adiposo; 3) quantificação e expansão das CTMs; 4) preparo de amostras para citometria de fluxo; 5) aliquotagem de meio de cultura para determinação de citocinas; 6) preparo das CTMs para realização do índice de apoptose e necrose; 7) preparo das CTMs para análise de dano de DNA. No segundo ano, serão realizadas: 1) a análise comparativa do potencial de diferenciação do grupo controle, grupo sob luz pulsátil e grupo sob luz contínua: condrócitos, osteócitos e adipócitos; 2) manutenção das culturas celulares e histomorfologia; 3) controle de qualidade microbiológico.