Busca avançada
Ano de início
Entree

Recobrimentos vítreos biofuncionais para implantes médicos e odontológicos

Processo: 12/17646-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Sonia Regina Homem de Mello Castanho
Beneficiário:Felipe Antunes Santos
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Vidro   Teste de biocompatibilidade

Resumo

O projeto tem como proposta desenvolver um material vítreo para recobrimento da superfície de biomateriais metálicos. Atualmente os biomateriais metálicos mais empregados nas áreas médica e odontológica são o titânio e suas ligas, aço inox e ligas cobalto-cromo. Mesmo quando apresentam boas características osseointegradoras (materiais biocompatíveis) muitos dos implantes estão sujeitos a infecções durante e no pós-operatório. Ações que visem simplificar e proteger essas intervenções cirúrgicas tem sido alvo de concentração de esforços tanto da pesquisa científica como do setor produtivo. Desenvolver materiais capazes de acelerar os mecanismos de osseointegração constitui em importante contribuição. Em adição, a possibilidade de acrescentar funções de proteção à infecção bacteriológica (materiais com ação biocida) nestes procedimentos abre um novo horizonte de desenvolvimento para materiais multifuncionais voltados à implantologia. Nesta proposta é destaque o caráter multifuncional dos materiais de recobrimento, obtidos a partir de compósitos de matriz vítrea, que apresentem resposta positiva na ação de ambas as funções, biocompatibilidade e biocida. Aplicando-se os conceitos termodinâmicos para o planejamento de composições, serão estudados vidros pertencentes ao sistema CaO- Na2O- SiO2 - M. Os metais possivelmente testados serão o Ag, Cu, Nb, W, Ta ou Zr, na forma de nanopartículas, os quais têm demonstrado bons resultados de biocompatibilidade. O desafio científico e tecnológico desta proposta é integrar de forma eficaz funções dissimilares como a osseointegração e ação biocida em um único material, contribuindo no processo de recuperação de pacientes.Deste modo será importante comparar composições, estudar as diversas atuações dos metais (nanopartículas) em relação às bioatividades, tais como, citotoxicidade e taxa de dissolução no ambiente corpóreo, além do que se refere ao comportamento físico, como propriedades mecânicas, molhabilidade e expansão térmica dos materiais em contato (vidro/substrato). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTOS, FELIPE A.; SILVA, ANTONIO C.; SANTOS, CLAUDINEI; SIMBA, BRUNO G.; BARTOLOME, JOSE F.; DURAN, TERESA; FERNANDEZ-GARCIA, ELISA; ROGERO, SIZUE O.; MELLO-CASTANHO, SONIA R. H. Biocide glass based on Nb2O5-SiO-CaO-Na2O system. Materials Letters, v. 183, p. 277-280, NOV 15 2016. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.