Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da ingestão de chia (Salvia hispanica L.) na expressão de adipocinas e reguladores metabólicos no tecido adiposo, músculo esquelético e fígado de camundongos tratados com dieta hiperlipídica e hipercalórica

Processo: 13/12410-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Lila Missae Oyama
Beneficiário:June Carnier
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Adipocinas   Camundongos

Resumo

A obesidade é associada tanto à resistência insulínica no tecido adiposo, fígado e músculo, quanto a um processo inflamatório crônico de baixa intensidade. Os depósitos de tecido adiposo de indivíduos obesos secretam adipocinas pró-inflamatórias, como o TNF-±, a IL-1 e a IL-6, e reduzem a produção de fatores anti-inflamatórios, como a adiponectina e a IL-10. O fator de transcrição nuclear kappa B (NFkB) faz parte de um mecanismo envolvido na resposta inflamatória induzida pela obesidade. A ativação deste mecanismo por lipopolissacarídeos e ácidos graxos saturados promove a redução da produção de adipocinas inflamatórias e o desenvolvimento da inflamação e da resistência à insulina, contribuindo por sua vez, para o desenvolvimento da síndrome metabólica. Sabe-se que alimentos saudáveis podem controlar e prevenir a síndrome metabólica. Neste sentido, a chia (Salvia hispanica L), uma oleaginosa rica em muitos nutrientes incluindo os ácidos graxos poliinsaturados, demonstra um efeito antiinflamatório. No entanto, estudos envolvendo mecanismos celulares e possíveis relações entre adipocinas e miocinas envolvendo o efeito da chia são escassos na literatura. Desta forma, o objetivo deste estudo é avaliar o efeito do tratamento com Salvia Hipânica L. sobre mediadores inflamatórios e a ativação da via do Toll-like receptor-4 no tecido adiposo, músculo esquelético e fígado utilizando modelo experimental de obesidade induzida por consumo prolongado de dieta hipercalórica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARNIER, JUNE; SILVA, FERNANDA PINHEIRO; DE MIRANDA, DANIELLE ARAUJO; SANTAMARINA, ALINE BOVETO; MENNITTI, LAIS VALES; MOREIRA, RENATA GUIMARAES; OLLER DO NASCIMENTO, CLAUDIA MARIA; RIBEIRO, ELIANE BERALDI; OYAMA, LILA MISSAE. Chia (Salvia hispanica L.) flour promotes beneficial effects on adipose tissue but not on glycaemic profile of diet-induced obesity in mice. EUROPEAN JOURNAL OF LIPID SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 119, n. 10, . (13/12410-9)
DE MIRANDA, DANIELLE ARAUJO; DA SILVA, FERNANDA PINHEIRO; CARNIER, MARCELA; MENNITTI, LAIS VALES; FIGUEREDO, RAQUEL GALVDO; LOSINSKAS HACHUL, ANA CLAUDIA; BOLDARINE, VALTER TADEU; PINTO NETO, NELSON INACIO; SEELAENDER, MARLLIA; RIBEIRO, ELIANE BERALDI; et al. Chia flour (Salvia hispanica L.) did not improve the deleterious aspects of hyperlipidic diet ingestion on glucose metabolism, but worsened glycaemia in mice. Food Research International, v. 121, p. 641-647, . (13/12410-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.