Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dò comportamento dè células indiferenciadas dò cordão umbilical humano cultivadas sôbre üma superfície dè titânio nanotexturizado

Processo: 13/19041-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Fittipaldi Bombonato Prado
Beneficiário:Gabriela Cerminaro Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Cultura de células   Mineralização   Titânio   Proliferação celular

Resumo

Implantes de titânio têm sido extensivamente utilizados na Ortopedia e na Odontologia, principalmente como substituto de elementos dentários ausentes. O titânio é um implante metálico de escolha devido a sua alta biocompatibilidade e resistência à corrosão, e também porque não provoca reações imunológicas. A influência das características superficiais do titânio no comportamento celular, de biomoléculas ou na sua morfologia tem sido amplamente investigada, mas ainda existem questões em aberto sobre a sua interação com diferentes células em um microambiente. O objetivo do presente projeto é caracterizar o comportamento de células provenientes do cordão umbilical humano em contato com uma superfície de titânio nanotexturizada. Para obtenção das células, cordões umbilicais de gestantes e recém-nascidos saudáveis serão processados após consentimento informado da mãe, e células da sub-íntima da veia do cordão umbilical serão isoladas e colocadas em garrafas de cultura em meio essencial mínimo. Após a confluência, estas células serão cultivadas em placas de 24 poços (n=5) em contato com discos de titânio comercialmente puro (cpTi) polidos em espelho (grupo controle) e sobre discos de titânio nanotexturizados através de condicionamento ácido (grupo tratado). Os parâmetros a serem avaliados serão: proliferação e viabilidade celular, quantidade de proteína total e atividade de fosfatase alcalina, além da detecção e quantificação de nódulos mineralizados. Também será realizada a expressão gênica quantitativa de genes relacionados à osteogênese por meio de PCR superarray contendo 84 genes associados com biomarcadores de adesão e da matriz extracelular. Todos os ensaios serão realizados em triplicata e os dados serão analisados através de teste estatístico apropriado após aplicação de testes de normalidade e homogeneidade.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RODRIGUES, Gabriela Cerminaro. Avaliação do comportamento de células indiferenciadas do cordão umbilical humano cultivadas sobre uma superfície de titânio nanotexturizado. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.