Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações no genoma mitocondrial de Candida Albicans em microaerofilia, anaerobiose e variação térmica

Processo: 13/08457-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Marcelo Ribeiro da Silva Briones
Beneficiário:Thais Fernanda Bartelli
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Anóxia   Genoma mitocondrial

Resumo

Este projeto visa estudar o efeito concomitante da redução da tensão de oxigênio e aumento de temperatura no genoma mitocondrial da levedura patogênica Candida albicans, quanto à variação na topologia, número de cópias, integridade e sequência nucleotídica. Na infecção nosocomial, muitas vezes o paciente é infectado por leveduras presentes em superfícies abióticas tais como cateteres. As leveduras formam biofilmes nestas superfícies onde a tensão de oxigênio é a mesma do nível atmosférico e a temperatura em torno dos 23ºC. Ao passar do cateter para o organismo do paciente, estas leveduras passam para tensão de oxigênio significativamente menor e para uma temperatura de 37ºC. Os efeitos dessas alterações nas condições de crescimento foram estudados separadamente em leveduras não patogênicas do gênero Saccharomyces, mas nunca foram estudadas simultaneamente e em leveduras patogênicas do gênero Candida. Em leveduras não patogênicas, foi mostrada a microadaptação para o crescimento anaeróbico envolvendo redução no número de mitocôndrias e alteração da topologia do DNA mitocondrial. Com relação ao aumento de temperatura é bem caracterizada a resposta ao choque térmico com redução global da síntese protéica e indução específica de proteínas de choque térmico como, por exemplo, a bem caracterizada Hsp70. Nossa hipótese é que a resposta sinérgica ao aumento de temperatura e diminuição da tensão de oxigênio deve causar alterações no DNA mitocondrial, que consequentemente podem interferir na função mitocondrial. Essas alterações têm implicações importantes em futuros estudos epidemiológicos e de infecção de Candida spp., uma vez que estudos recentes evidenciam cada vez mais a participação dessa organela na modulação da virulência e resistência às drogas em leveduras.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.