Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanosílica da cinza da casca do arroz

Processo: 13/21207-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Leandro Fernandes
Beneficiário:Leandro Fernandes
Empresa:Jetquímica Indústria e Comércio Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:12/50385-3 - Nanosílica da cinza da casca do arroz, AP.PIPE
Assunto(s):Cascas (planta)   Arroz   Resíduos agroindustriais   Biomassa   Pirólise

Resumo

A Cinza da Casca do Arroz (CCA) é um resíduo da agroindústria nacional, e pode ser transformada em sílica com área superficial específica acima de 200 m2/g e com pureza acima de 99%, este material pode ser incorporado em mercados de tintas e vernizes, cosmético e farmacêutico, hoje as sílicas utilizadas são totalmente importadas. A metodologia escolhida para este processo inicia-se com a extração da sílica da CCA, seguida da etapa de precipitação via método de spray pirólise ultrassônica, que fará a síntese da sílica com tamanho de partícula requerida no mercado reduzindo as etapas de filtração, secagem, moagem e seleção de partículas, com isso haverá redução de custos de implantação de unidade de fabricação, menores custos de produção e melhor controle de qualidade do produto final. Quando terminado, o processo irá permitir extrair e precipitar sílica com tamanho micrométrico e nanométrico com elevada pureza além de área superficial específica acima de 200 m2/g. O projeto possui forte apelo ambiental propondo soluções para um problema que possui tendência de aumentar conforme o aumento do número de termoelétricas que usam a biomassa da casca do arroz. Além disso, o conhecimento adquirido na construção do protótipo de síntese em spray pirólise ultrassônica vai servir de base para o desenvolvimento de um sistema de grande porte que poderá ser usado na construção da primeira unidade de fabricação de sílica extraída da CCA no Brasil. (AU)