Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da biomassa florestal Amazônica brasileira para a modelagem da heterogeneidade espacial e temporal das emissões de carbono do desmatamento (INPE-EM)

Processo: 13/20616-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal
Pesquisador responsável:Jean Pierre Henry Balbaud Ometto
Beneficiário:Graciela Tejada Pinell
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil

Resumo

A floresta amazônica, e uma das maiores florestas do mundo, o Brasil é o país com a maior área de floresta tropical da bacia Amazônica sendo também o país com os maiores estoques de carbono florestal do mundo. O desmatamento libera para a atmosfera o carbono sequestrado considerando-se que as emissões de mudanças de uso da terra (LUC) são a segunda maior fonte antropogênica de CO2. Na última década, tem havido muitos esforços para estimar as emissões de carbono pelo desmatamento, no entanto estas estimativas variam mostrando consideravelmente elevado grau de incerteza, onde as estimativas de biomassa é a maior fonte. Quando se trata de comparar os mapas de biomassa, a distribuição e os estoques de carbono são tão diferentes que é quase impossível determinar qual é o mais próximo da realidade. Neste contexto, o objetivo do estudo é fazer uma avaliação da biomassa florestal amazônica brasileira para a modelagem da heterogeneidade espacial e temporal das emissões de carbono do desmatamento (INPE-EM) por estratificação da Amazônia brasileira sob IPCC níveis 1 e 2 e a nível local tier 3, comparando e combinando dados de biomassa florestal de campo (nível 2 e nível 3) com os mapas de densidade de biomassa florestal e dados de sensoriamento remoto, para obter uma melhor precisão e estimativa da biomassa espacialmente explícita ademais de uma base de dados de biomassa aberta para o INPE-EM. Dados de biomassa também som relevantes para a Comunicação Nacional de gases de efeito estufa (GEE) do Brasil, onde há um elevado grau de incerteza, também para a estratégia nacional sob o REDD +.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEJADA, GRACIELA; GORGENS, ERIC BASTOS; OVANDO, ALEX; OMETTO, JEAN PIERRE. Mapping data gaps to estimate biomass across Brazilian Amazon forests. FOREST ECOSYSTEMS, v. 7, n. 1 APR 22 2020. Citações Web of Science: 0.
TEJADA, GRACIELA; GORGENS, ERIC BASTOS; ESPIRITO-SANTO, FERNANDO DEL BON; CANTINHO, ROBERTA ZECCHINI; OMETTO, JEAN PIERRE. Evaluating spatial coverage of data on the aboveground biomass in undisturbed forests in the Brazilian Amazon. Carbon Balance and Management, v. 14, n. 1 SEP 3 2019. Citações Web of Science: 1.
TEJADA, GRACIELA; DALLA-NORA, ELOI; CORDOBA, DIANA; LAFORTEZZA, RAFFAELE; OVANDO, ALEX; ASSIS, TALITA; AGUIAR, ANA PAULA. Deforestation scenarios for the Bolivian lowlands. Environmental Research, v. 144, n. B, SI, p. 49-63, JAN 2016. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.