Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização e análise do perfil de virulência de Amostras de Escherichia coli enteropatogênica atípica isoladas de surtos e casos esporádicos de diarréia em diferentes regiões geográficas do Brasil

Processo: 13/23414-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Rodrigo Tavanelli Hernandes
Beneficiário:Melissa Arruda Vieira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Diarreia   Escherichia coli enteropatogênica atípica   Virulência   Microbiologia

Resumo

Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) representa um importante agente da doença diarreica tanto em países desenvolvidos, bem como em países em desenvolvimento, como o Brasil. Até o presente momento, o principal mecanismo de virulência das EPEC tem sido considerado o estabelecimento de uma lesão histopatológica típica denominada de lesão attaching and effacing (AE), que se caracteriza pela aderência íntima das bactérias aos enterócitos, destruição das microvilosidades e formação de uma estrutura semelhante a um pedestal e rica em actina e outros elementos do citoesqueleto da célula hospedeira. Desde o ano de 1995, as amostras de EPEC têm sido divididas em dois grupos: as EPEC típicas (EPEC-t), e as EPEC atípicas (EPEC-a), tendo por base a presença de um plasmídio de alto peso molecular denominado pEAF (EPEC adherence factor) nas EPEC-t, e a sua ausência nas EPEC-a. Estudos epidemiológicos conduzidos tanto no Brasil, como em outros países em desenvolvimento a partir do ano 2000, têm reportado o isolamento de EPEC-a em uma frequência consideravelmente maior do que as EPEC-t. No entanto, as EPEC-a têm sido isoladas, em alguns estudos, em igual freqüência de crianças com diarreia, bem como de crianças saudáveis, dificultando assim a associação desses patotipos de E. coli diarreiogênicas como agente de infecções do trato gastrointestinal. A dificuldade em associar EPEC-a com a doença diarreica pode ser atribuída ao caráter heterogêneo desses isolados. Estudos de caracterização fenotípica e molecular de amostras de EPEC-a têm demonstrado claramente que sub-populações deste patotipo podem ser mais frequentemente isolados de indivíduos com diarreia do que em indivíduos saudáveis. O papel de EPEC-a como um importante agente causador de infecções do trato gastrointestinal pode ser reforçado pelo envolvimento desta bactéria em surtos de diarreia aguda, principalmente nos últimos cinco anos, acometendo não somente crianças, como também indivíduos adultos. Tal observação enfatiza a necessidade de explorar os isolados de EPEC-a, procurando por marcadores de virulência que permitam identificar isolados potencialmente patogênicos, dentro de uma população considerada tão heterogênea. Sendo assim, este estudo tem por objetivo caracterizar e avaliar a presença de importantes marcadores, fenotípicos e moleculares, de virulência em isolados de EPEC-a, provenientes tanto de casos esporádicos, bem como de surtos de diarreia aguda.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA, MELISSA A.; DIAS, REGIANE C. B.; DOS SANTOS, LUIS F.; RALL, VERA L. M.; GOMES, TANIA A. T.; HERNANDES, RODRIGO T. Diversity of strategies used by atypical enteropathogenic Escherichia coli to induce attaching and effacing lesion in epithelial cells. Journal of Medical Microbiology, v. 68, n. 6, p. 940-951, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
VIEIRA, MELISSA A.; DOS SANTOS, LUIS F.; DIAS, REGIANE C. B.; CAMARGO, CARLOS H.; PINHEIRO, SANDRA R. S.; GOMES, TANIA A. T.; HERNANDES, RODRIGO T. Atypical enteropathogenic Escherichia coli as aetiologic agents of sporadic and outbreak-associated diarrhoea in Brazil. Journal of Medical Microbiology, v. 65, n. 9, p. 998-1006, SEP 2016. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.