Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da cristalinidade nas propriedades térmicas e mecânicas de compósitos de PP/PE reforçados com fibras de vidro

Processo: 13/22529-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 10 de março de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial
Pesquisador responsável:Edson Cocchieri Botelho
Beneficiário:Luiz Felipe Doria Macedo
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/07050-9 - Processamento e caracterização de compósitos de PP/PE-MWCNT reforçados com fibra vidro, BE.EP.IC
Assunto(s):Propriedades térmicas   Propriedades mecânicas   Extrusão termoplástica   Fibra de vidro   Cisalhamento   Microscopia óptica   Análise dinâmica

Resumo

A substituição de matrizes termorrígidas de elevado custo por matrizes termoplásticas de menor custo tem visado beneficiar a produção em larga escala e proporcionar abertura para diferentes mercados, tais como o automobilístico, o de construção civil e o esportivo. Um dos importantes aspectos no uso de matrizes semicristalinas termoplásticas está na possibilidade de alterar a morfologia da matriz a partir das condições de processamento, as quais induzirão diferentes cinéticas de cristalização ao compósito. O presente projeto tem como principal objetivo a obtenção de compósitos de PP/PE reforçados com fibras de vidro, empregando a moldagem por compressão a quente, com diferentes graus de cristalinidade e avaliar a influência da cristalinidade em suas propriedades térmicas e mecânicas. Nesse estudo, primeiramente será avaliada a cristalinidade destas matrizes (PP e PP/PE) a partir da utilização de DSC. Posteriormente, serão processados laminados termoplásticos mediante a utilização de diferentes taxas de resfriamento, durante a prensagem. Após a obtenção dos laminados com diferentes cristalinidades, estes serão avaliados e comparados quando aos seus resultados de digestão ácida, inspeção ultrassônica e microscopia óptica, e sua estrutura cristalina será avaliada a partir da técnica de DSC. Por fim, a caracterização mecânica será realizada por ensaios de cisalhamento, análise dinâmico-mecânica e análise do módulo elástico por vibração.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)