Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil da alteração na produção de substâncias fenólicas, carboidratos e lipídeos na interação entre Tapirira guianensis (Anacardiaceae) parasitada por Phoradendron crassifolium (Santalaceae)

Processo: 13/23322-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica
Pesquisador responsável:Cláudia Maria Furlan
Beneficiário:Fernanda Anselmo Moreira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo secundário   Fitoquímica   Lipídeos   Plantas parasitas   Carboidratos

Resumo

Consideram-se como plantas parasitas aquelas que retiram água ou nutrientes de outra planta, reconhecida como hospedeira e que tem a sua taxa de desenvolvimento afetada. Os metabólitos secundários são importantes estratégias químicas usadas pelas plantas na sua defesa contra fatores de estresse biótico ou abiótico. As substâncias fenólicas - flavonóides, ligninas e taninos - são metabólitos secundários importantes nessa defesa. Os flavonóides apresentam efeito alelopático e certas plantas com esse potencial podem inibir o crescimento de plantas parasitas. Um exemplo de parasitismo presente na natureza é a que ocorre entre as espécies Phoradendron crassifolium (Santalaceae) que parasita Tapirira guianensis (Anacardiaceae). O Laboratório de Anatomia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo trabalha com essas duas plantas analisando as alterações anatômicas que a planta parasita provoca na hospedeira. Estudos sobre como os metabólitos secundários são afetados quando uma planta é parasitada por outra são escassos e, uma vez que essas espécies são estudadas anatomicamente, um projeto visando às alterações químicas sofridas por essas espécies vegetais contribuiria com o conhecimento referente a essa interação ecológica (parasitismo entre plantas). Com isso, o presente trabalho tem como objetivo comparar a quantidade de certas classes de substâncias fenólicas, de carboidratos não estruturais e lipídeos de indivíduos de T. guianensis parasitados e não parasitados por P. crassifolium, e compreender se são e como são alteradas. Para tanto, serão realizadas análises quantitativas de taninos, flavonóides e substâncias fenólicas, análises de ligninas, fibras, açúcares soluveis, amido, relação (C/N) e teor de lipídeos em folhas e caules de P. crassifolium e T. guianensis (parasitada e não parasitada).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FURLAN, CLAUDIA MARIA; ANSELMO-MOREIRA, FERNANDA; TEIXEIRA-COSTA, LUIZA; CECCANTINI, GREGORIO; SALMINEN, JUHA-PEKKA. Does Phoradendron perrottetii (mistletoe) alter polyphenols levels of Tapirira guianensis (host plant)?. Plant Physiology and Biochemistry, v. 136, p. 222-229, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
ANSELMO-MOREIRA, FERNANDA; TEIXEIRA-COSTA, LUIZA; CECCANTINI, GREGORIO; FURLAN, CLAUDIA MARIA. Mistletoe effects on the host tree Tapirira guianensis: insights from primary and secondary metabolites. Chemoecology, v. 29, n. 1, p. 11-24, FEB 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.