Busca avançada
Ano de início
Entree

Antiparasitários em solos brasileiros: estudo de sorção, dessorção e degradação

Processo: 13/25670-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Susanne Rath
Beneficiário:Fabrício de Oliveira Ferreira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/09543-7 - Resíduos de medicamentos veterinários no ambiente, AP.TEM
Assunto(s):Modelagem molecular   Drogas veterinárias   Adsorção (química)   Química ambiental

Resumo

Os fármacos veterinários, em especial da classe dos antiparasitários, têm sido amplamente empregados no setor agropecuário para garantir a saúde animal e um aumento na produção de alimentos de origem animal. Além da necessidade do controle destes fármacos, existe também o problema associado ao impacto ambiental que estes causam quando são excretados pelos animais tratados. Embora a utilização destes fármacos traga benefícios à pecuária, aquacultura e a agricultura, os mesmos podem ocasionar sérios riscos à água, solo, plantas, alimentos, organismos terrestres e aquáticos, visto que uma grande parte destas substâncias entra no meio ambiente, em sua forma metabolizada ou não, por meio das fezes e urina dos animais. Uma vez presentes no campo, fármacos com alta capacidade de sorção tenderão a se acumular no solo e em sedimentos. Por outro lado, compostos com baixa capacidade de sorção serão lixiviados e poderão contaminar águas superficiais e lençóis freáticos. Estudos sobre o comportamento de fármacos veterinários em solos e o desenvolvimento de métodos para a determinação dos mesmos, neste tipo de matriz, ainda são escassos. O uso de antiparasitários, em particular as avermectinas, tem sido largamente empregado na criação de animais de grande porte no Brasil e o país tem enfrentado diversos embargos relacionados à contaminação de produtos de origem animal acima dos limites máximos de resíduos. De fato, existe uma necessidade inerente de avaliar o destino destes compostos no meio ambiente. Portanto, este projeto tem como objetivo avaliar a mobilidade das avermectinas em diferentes solos através de estudos de sorção e dessorção, assim como avaliar a degradação aeróbica e anaeróbica destas nos solos. Ainda, tem como objetivo a síntese de um polímero de impressão molecular para as avermectinas de modo que possa ser usado no preparo de amostras que antecede a quantificação por HPLC e UPLC. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, FABRICIO DE OLIVEIRA; PORTO, RAFAEL SILVEIRA; RATH, SUSANNE. Aerobic dissipation of avermectins and moxidectin in subtropical soils and dissipation of abamectin in a field study. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 183, NOV 15 2019. Citações Web of Science: 0.
RATH, SUSANNE; FOSTIER, ANNE HELENE; PEREIRA, LEANDRO ALVES; DIONISO, ANDREZA CAMILOTTI; FERREIRA, FABRICIO DE OLIVEIRA; DORETTO, KEITY MARGARETH; PERUCHI, LIVIA MANIERO; VIERA, ALESSANDRA; DE OLIVEIRA NETO, ODILON FRANCA; DAL BOSCO, SANDRA MARIA; MARTINEZ-MEJIA, MONICA J. Sorption behaviors of antimicrobial and antiparasitic veterinary drugs on subtropical soils. Chemosphere, v. 214, p. 111-122, JAN 2019. Citações Web of Science: 7.
FERREIRA, FABRICIO DE OLIVEIRA; RODRIGUES-SILVA, CAIO; RATH, SUSANNE. On-line solid-phase extraction-ultra high performance liquid chromatography-tandem mass spectrometry for the determination of avermectins and milbemycin in soils. Journal of Chromatography A, v. 1471, p. 118-125, NOV 4 2016. Citações Web of Science: 10.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERREIRA, Fabrício de Oliveira. Antiparasitários em solos brasileiros : estudo de sorção, dessorção e dissipação. 2017. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.