Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da prevenção da deficiência de ferro nos períodos pré e pós-natal no desenvolvimento motor de lactentes

Processo: 14/00018-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Denise Castilho Cabrera Santos
Beneficiário:Denise Castilho Cabrera Santos
Anfitrião: Betsy Lozoff
Instituição-sede: Faculdade de Ciências da Saúde. Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Instituto Educacional Piracicabano. Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Michigan, Estados Unidos  
Assunto(s):Deficiência de ferro   Desenvolvimento motor   Anemia ferropriva   Lactentes

Resumo

A deficiência de ferro (DF) é o distúrbio nutricional mais prevalente no mundo e pode afetar o desenvolvimento motor, mesmo em crianças tratadas. Os objetivos são: investigar os efeitos da prevenção da DF no desenvolvimento motor de lactentes em função do momento/timing (Objetivo 1) e da duração (Objetivo 2) de suplementação de ferro (pré e/ou pós-natal); relacionar os resultados do desenvolvimento motor à gravidade da DF (Objetivo 3); considerar a reversibilidade dos efeitos no desenvolvimento motor com a terapia de ferro, dependendo do momento (Objetivo 4). O projeto envolverá dois ensaios clínicos randomizados (ECR pré-natal e pós-natal) e os grupos de estudo são: (a) suplementação de ferro pré e pós-natal, (b) ferro pré-natal, (c) ferro pós-natal, e (d) nenhuma suplementação. Foi estimada a alocação de 500 lactentes em cada grupo. Os níveis de ferro e o desenvolvimento motor serão avaliados ao nascimento, aos nove e 18 meses. Comparações dos grupos (b) versus (c) em relação a (d) identificarão os efeitos diferenciais de prevenção da DF pré e pós-natal (Objetivo 1). Comparações dos grupos (a) versus (b) ou (c) e em relação a (d) determinarão se o período de suplementação de ferro tem efeitos distintos no desenvolvimento motor (Objetivo 2). As dosagens de ferro a cada idade serão analisadas para determinar o nível de DF que afeta adversamente o desenvolvimento motor (Objetivo 3). Para identificar a reversibilidade dos efeitos (Objetivo 4), os resultados do desenvolvimento motor aos 18 meses serão comparados para os grupos:1) nunca apresentaram DF, 2) com DF ao nascimento e alocados no grupo de suplementação pós-natal, 3) anemia ferropriva materna tratada no 1º e 2º trimestre de gestação, e 4) lactentes com anemia ferropriva tratados aos nove meses. Esse estudo estará inserido em um projeto liderado pela Dra. Betsy Lozoff (Center for Human Growth and Development, University of Michigan). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SANTOS, DENISE C. C.; ANGULO-BARROSO, ROSA M.; LI, MING; BIAN, YANG; STURZA, JULIE; RICHARDS, BLAIR; LOZOFF, BETSY. Timing, duration, and severity of iron deficiency in early development and motor outcomes at 9 months. European Journal of Clinical Nutrition, v. 72, n. 3, p. 332-341, MAR 2018. Citações Web of Science: 8.
ANGULO-BARROSO, ROSA M.; LI, MING; SANTOS, DENISE C. C.; BIAN, YANG; STURZA, JULIE; JIANG, YAPING; KACIROTI, NIKO; RICHARDS, BLAIR; LOZOFF, BETSY. Iron Supplementation in Pregnancy or Infancy and Motor Development: A Randomized Controlled Trial. PEDIATRICS, v. 137, n. 4 APR 2016. Citações Web of Science: 41.
LOZOFF, BETSY; JIANG, YAPING; LI, XING; ZHOU, MIN; RICHARDS, BLAIR; XU, GUOBIN; CLARK, KATY M.; LIANG, FURONG; KACIROTI, NIKO; ZHAO, GENGLI; SANTOS, DENISE C. C.; ZHANG, ZHIXIANG; TARDIF, TWILA; LI, MING. Low-Dose Iron Supplementation in Infancy Modestly Increases Infant Iron Status at 9 Mo without Decreasing Growth or Increasing Illness in a Randomized Clinical Trial in Rural China. Journal of Nutrition, v. 146, n. 3, p. 612-621, MAR 1 2016. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.