Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de tecnologia para disgnóstico do estado nutricional de nitrogênio e potássio para o milho em ambientes de produção comercial

Processo: 13/13148-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Pedro Henrique de Cerqueira Luz
Beneficiário:Liliane Maria Romualdo
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Adubação   Zea mays   Nutrição vegetal   Macronutrientes

Resumo

O desenvolvimento de uma tecnologia para a diagnose nutricional do milho, por meio de inteligência artificial, utilizando-se de um sistema de visão artificial (SVA) está sendo realizado há mais de quatro anos, em uma parceria entre o Grupo de Estudos Agrários da FZEA/USP e o Grupo de Computação Científica do IFSC/USP . O estudo inicial teve como objetivo o uso desta tecnologia para a identificação de deficiências nutricionais induzidas em plantas de milho, cultivadas em casa de vegetação, obtendo-se resultados promissores e índices de acertos confiáveis. Com base nos resultados alcançados até o momento, percebeu-se que para obter avanços desta tecnologia, é necessário o estudo de métodos utilizando imagens de folhas de milho cultivado em campo, visando à validação do SVA em escala comercial. Desta forma, o objetivo deste projeto é gerar um banco de imagens a partir de folhas de milho, cultivado em diferentes ambientes de produção, submetidos a níveis de nitrogênio e potássio, para que o SVA possa reconhecer e identificar os padrões nutricionais visando à aplicabilidade em lavouras comerciais. Os experimentos serão dispostos em blocos casualizados em esquema fatorial, sendo os fatores compostos por níveis de adubação nitrogenada e potássica (4 x 4), em 4 blocos. Os níveis de adubação serão: omissão completa, 50%, 100% e 200% da dose recomendada dos nutrientes em estudo. As avaliações serão realizadas nos estádios de desenvolvimento V4 e R1, épocas em que serão coletadas as imagens das folhas indicativa e velha, as quais serão processadas pelo SVA, e determinados os teores de macro e micronutrientes. No final do ciclo da cultura, serão feitas avaliações da produtividade e análise química do solo.