Busca avançada
Ano de início
Entree

Anestesia intravenosa versus inalatória para pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica com ou sem circulação extracorpórea: revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados.

Processo: 13/26000-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Norma Sueli Pinheiro Módolo
Beneficiário:Felipe Guimarães Pugliesi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Anestesiologia   Anestesia endovenosa   Ensaio clínico   Revascularização miocárdica   Anestesia por inalação   Revisão sistemática

Resumo

A doença arterial coronariana apresenta-se hoje como a principal doença cardíaca no mundo. Decorrente disso, um grande número de cirurgias de revascularização miocárdica (CRM) é realizada todos os anos. A CRM é comumente realizada com auxílio de circulação extracorpórea (CEC), no entanto, um número crescente de cirurgias cardíacas está sendo realizada sem o auxílio desta técnica. Apesar dos benefícios da cirurgia para o paciente, órgãos como pulmões, rins, cérebro e o próprio coração podem sofrer durante o procedimento. Tanto técnicas, anestésicas ou inalatórias, intravenosas vêm sendo usadas para a CRM, sem se ter ao certo a superioridade de uma em relação à outra. Apesar de evidências teóricas e laboratoriais sugerirem melhores benefícios com anestésicos intravenosos sobre os inalatórios, ainda não foi demonstrada claramente essa superioridade por meio de ensaios clínicos. O projeto de pesquisa será conduzido no Departamento de Anestesiologia e na Unidade de Revisões Sistemáticas da Faculdade de Medicina de Botucatu/UNESP - Botucatu-SP. Será realizada uma revisão sistemática, de acordo com a metodologia da Colaboração Cochrane, com intuito de mapear todos os ensaios clínicos randomizados identificados nas principais bases de dados para avaliar a eficácia e a segurança da anestesia intravenosa contra a inalatória na diminuição da mortalidade e da morbidade em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdico com ou sem circulação extracorpórea. As seguintes bases de dados serão pesquisadas: Pubmed, CENTRAL (the Cochrane Library), Embase e Lilacs. A análise e coleta de dados será realizada por dois revisores, independentemente, que selecionarão os estudos em potencial. O protocolo (ou seja, planejamento), em anexo, desta revisão sistemática já se se encontra publicado no grupo Cochrane de Anestesia (the Cochrane Anaesthesia Group) da revista the Cochrane Database of Systematic Review, com fator de impacto de 5.9.Descritores: anestesia intravenosa, anestesia inalatória, revascularização miocárdica, revisão sistemática, ensaios clínicos.