Busca avançada
Ano de início
Entree

Programa ACT - para educar crianças em ambientes seguros: adaptação do programa preventivo de práticas educativas parentais em amostra brasileira

Processo: 13/24655-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Maria Beatriz Martins Linhares
Beneficiário:Maria Eduarda André Pedro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil

Resumo

O estudo objetiva realizar a adaptação e avaliar a efetividade do Programa ACT - Para educar crianças em ambientes seguros em amostra brasileira da cidade de Ribeirão Preto (SP), diferenciadas pelo nível socioeconômico. A amostra será composta por 40 mães e 40 familiares-cuidadores de crianças de 4 a 8 anos, sendo metade destas matriculadas em escolas públicas e a outra metade em escolas particulares. A coleta de dados envolverá três fases: avaliação pré-intervenção (Pré-I), intervenção ACT e avaliação pós-intervenção (Pós-I). Em cada fase da avaliação, será realizada uma sessão, na qual as mães responderão individualmente aos questionários: Avaliação ACT sobre estilo parental, uso de meios eletrônicos, desenvolvimento infantil e comportamento dos pais e o Questionário de Capacidades e Dificuldades, para avaliar o comportamento da criança (SDQ). Os familiares-cuidadores também responderão individualmente ao SDQ nas duas fases de avaliação. A intervenção ACT acontecerá semanalmente em grupo, com 10 mães em cada, em um total de oito sessões. Será realizada a análise estatística descritiva, uma análise de comparação entre grupos (participantes de escola privada X participantes de escola pública) com o teste t independente de Student e intra-grupo (pré-intervenção X pós-intervenção) com o teste t pareado, para variáveis contínuas, e o teste McNemar, para variáveis categóricas. Serão verificadas as variáveis sobre práticas educativas pós-intervenção e o comportamento da criança por meio do teste de correlação de Pearson ou Qui-quadrado, dependendo da natureza da variável, e associações entre variáveis sobre eventos vitais, características sociodemográficas e relações das mães com os familiares. Os dados serão processados pelo SPSS (versão 19.0) e o nível de significância dos testes será de pd0,05. Espera-se que o Programa ACT seja efetivo na melhora das práticas educativas parentais positivas e na redução das práticas inadequadas e violentas, além da redução de problemas de comportamento nas crianças após a intervenção.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDRE PEDRO, MARIA EDUARDA; PISANI ALTAFIM, ELISA RACHEL; MARTINS LINHARES, MARIA BEATRIZ. ACT Raising Safe Kids Program to promote positive maternal parenting practices in different socioeconomic contexts. Psychosocial Intervention, v. 26, n. 2, p. 63-72, AUG 2017. Citações Web of Science: 11.
MARIA EDUARDA ANDRÉ PEDRO; ELISA RACHEL PISANI ALTAFIM; MARIA BEATRIZ MARTINS LINHARES. ACT Raising Safe Kids Program to promote positive maternal parenting practices in different socioeconomic contexts. Psychosocial Intervention, v. 26, n. 2, p. -, Ago. 2017.
PISANI ALTAFIM, ELISA RACHEL; ANDRE PEDRO, MARIA EDUARDA; MARTINS LINHARES, MARIA BEATRIZ. Effectiveness of ACT Raising Safe Kids Parenting Program in a developing country. CHILDREN AND YOUTH SERVICES REVIEW, v. 70, p. 315-323, NOV 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.