Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise dos mecanismos pró-inflamatórios do hidroperóxido de urato e o seu papel sobre a via dos inflamassomas

Processo: 13/23099-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 14 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Flavia Carla Meotti
Beneficiário:Sabrina Lopes Lira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/18106-4 - Oxidação do ácido úrico pela enzima mieloperoxidase em processos inflamatórios e as implicações sobre o sistema cardiovascular, AP.JP
Assunto(s):Inflamação   Inflamassomos

Resumo

Resultados do nosso grupo demonstram que a formação do hidroperóxido de urato em ambientes inflamatórios é um processo chave na propagação da inflamação. A reação deste intermediário de alta capacidade oxidante com proteínas pró-inflamatórias da cascata dos inflamassomas poderia explicar ação pró-inflamatória do ácido úrico mesmo quando está em baixas concentrações. Neste sentido, este projeto visa investigar os efeitos do hidroperóxido de urato sobre a via dos inflamassomas, um complexo multiprotéico que quando ativado sinaliza a ação proteolítica com ativação de caspase-1 e alteração pós-traducional de citocinas pró-inflamatórias em macrófagos humanos. Além de entender os mecanismos moleculares da ativação da cascata dos inflamassomas, este estudo fornecerá informações sobre os mecanismos pelos quais o ácido úrico, em sua forma solúvel, atua como um agente pró-inflamatório.