Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioacessibilidade in vitro de carotenoides e de seus ésteres em murici e influência da presença de compostos fenólicos na bioacessibilidade de carotenoides em sistema mimetizador de alimentos

Processo: 13/23218-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Adriana Zerlotti Mercadante
Beneficiário:Daniele Bobrowski Rodrigues
Instituição Sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/15238-8 - Influência de compostos fenólicos na bioacessibilidade in vitro, assimilação e transporte celular de carotenóides por células Caco-2, BE.EP.DR
Assunto(s):Química de alimentos   Carotenoides   Compostos fenólicos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bioacessibilidade in vitro | Carotenóides | Compostos fenólicos | Hplc-Ms | Química de Alimentos

Resumo

Os carotenoides e os compostos fenólicos apresentam propriedades físico-químicas que são importantes para a prevenção e diminuição do risco de desenvolvimento de diversas doenças crônico-degenerativas. Esta ação está parcialmente relacionada com a modulação das reações de oxidação, através da desativação de espécies reativas de oxigênio (ROS) e de nitrogênio (RNS) produzidas em excesso pelo organismo durante o estresse oxidativo e/ou nitrosativo. Informações sobre a identificação dos compostos formados após a digestão de carotenoides e de compostos fenólicos e as alterações que ocorrem na capacidade antioxidante frente a espécies reativas de relevância biológica estão presentes em pouquíssimos estudos. Porém, este tipo de informação é essencial uma vez que os teores de compostos bioativos presentes no alimento, bem como sua capacidade antioxidante, devem estar provavelmente superestimados quando comparados à fração bioacessível. Desta forma, o projeto tem como objetivo responder as seguintes perguntas: (i) Como a composição e estado físico do sistema mimetizador de alimento (emulsão recém preparada e liofilizada) influenciam a bioacessibilidade in vitro de carotenoides e compostos fenólicos? (ii) A digestão in vitro tem impacto negativo ou positivo na capacidade de carotenoides e de compostos fenólicos desativarem ROS e RNS?; (iii) Quais são os compostos que estarão bioacessíveis e que atuarão potencialmente como antioxidantes após a digestão in vitro?; (iv) Qual é o efeito da presença concomitante de carotenoides e compostos fenólicos na bioacessibilidade in vitro e na capacidade antioxidante? Para responder estas questões serão elaboradas diferentes emulsões contendo padrões de carotenoides e de compostos fenólicos. A bioacessibilidade in vitro será avaliada por um método de digestão (gástrointestinal) estático, a capacidade de desativar algumas ROS e RNS será avaliada utilizando métodos específicos para cada espécie reativa e os compostos formados em decorrência da digestão gastrintestinal in vitro serão caracterizados por cromatografia líquida de alta eficiência conectada aos detectores de arranjo de diodos e de massas (HPLC-DAD-MSn).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, DANIELE B.; CHITCHUMROONCHOKCHAI, CHUREEPORN; MARIUTTI, LILIAN R. B.; MERCADANTE, ADRIANA Z.; FAILLA, MARK L.. Comparison of Two Static in Vitro Digestion Methods for Screening the Bioaccessibility of Carotenoids in Fruits, Vegetables, and Animal Products. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 65, n. 51, p. 11220-11228, . (15/15238-8, 13/23218-1)
RODRIGUES, DANIELE BOBROWSKI; BARROS MARIUTTI, LILIAN REGINA; MERCADANTE, ADRIANA ZERLOTTI. An in vitro digestion method adapted for carotenoids and carotenoid esters: moving forward towards standardization. FOOD & FUNCTION, v. 7, n. 12, p. 4992-5001, . (12/01506-2, 13/23218-1, 12/20988-8)
MERCADANTE, ADRIANA ZERLOTTI; RODRIGUES, DANIELE B.; PETRY, FABIANE C.; BARROS MARIUTTI, LILIAN REGINA. Carotenoid esters in foods - A review and practical directions on analysis and occurrence. Food Research International, v. 99, n. 2, SI, p. 830-850, . (13/09804-5, 13/07914-8, 13/23218-1)
RODRIGUES, DANIELE BOBROWSKI; MERCADANTE, ADRIANA ZERLOTTI; BARROS MARIUTTI, LILIAN REGINA. Marigold carotenoids: Much more than lutein esters. Food Research International, v. 119, p. 653-664, . (15/15238-8, 13/23218-1)
RODRIGUES, DANIELE BOBROWSKI; BARROS MARIUTTI, LILIAN REGINA; MERCADANTE, ADRIANA ZERLOTTI. Two-step cleanup procedure for the identification of carotenoid esters by liquid chromatography-atmospheric pressure chemical ionization-tandem mass spectrometry. Journal of Chromatography A, v. 1457, p. 116-124, . (12/01506-2, 13/23218-1, 12/20988-8)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RODRIGUES, Daniele Bobrowski. Carotenoides e ésteres de carotenoides: análise e digestão in vitro em alimentos individuais e co-consumidos = Carotenoid and carotenoid esters: analysis and in vitro digestion in individual and co-consumed foods. 2018. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Engenharia de Alimentos Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.