Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de células tumorais circulantes e sua correlação com evolução clínica tumoral em pacientes com câncer colorretal

Processo: 13/21730-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Ludmilla Thomé Domingos Chinen
Beneficiário:Emne Ali Abdallah
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular   Células neoplásicas circulantes   Neoplasias colorretais   Evolução clínica   Metástase

Resumo

Para 2012, foram estimados 73.420 diagnósticos de Câncer Colorretal (CCR) em homens e 70.040 em mulheres, representando, em ambos os gêneros, o terceiro tipo de neoplasia mais frequente e 9% de todos os casos de câncer nos Estados Unidos. Acredita-se que a disseminação do câncer necessita da presença de células tumorais circulantes (CTCs- circulating tumor cells), que são células raras circundadas por bilhões de células hematopoiéticas na circulação sanguínea e, portanto, o isolamento dessas células é uma estratégia potencial para o desenvolvimento clínico, com métodos não invasivos. A detecção primária de CTCs pode ajudar a identificar pacientes em necessidade de terapias sistêmicas adicionais após ressecção cirúrgica do tumor primário. Apesar de todas as terapias serem desenvolvidas para prevenir a recaída metastática, a seleção de pacientes baseia-se no risco estatístico de desenvolverem recorrência, sem saber se de fato eles abrigam qualquer CTC. Isto leva ao super-tratamento desses pacientes com agentes tóxicos com efeitos colaterais graves. O presente estudo tem como objetivos principais: 1) detectar CTCs no sangue periférico de pacientes com câncer colorretal metastático e correlacionar seus níveis com exames de imagem e sobrevidas global, livre de progressão e livre de recorrência; 2) verificar se os níveis de CTCs diminuem após tratamento quimioterápico; 3) observar a correlação entre a expressão do transportador MRP5 e de genes de resistência a drogas (ERCC1, TS, KRAS) nas CTCs; 4) estabelecer sistemas de contagem e análise de CTCs que possam ser usados com segurança na prática clínica. Serão analisadas as amostras de aproximadamente 100 pacientes. A contagem e análise de CTCs serão realizadas por meio do sistema MACS (Carcinome Cell Enrichment and Detection Kit, Miltenyi Biotec, Germany), em três momentos distintos, antes do início da quimioterapia e a cada dois meses, e serão quantificadas em 8 mL de sangue. No primeiro momento serão coletados 8 mL de sangue adicionais para filtração em uma membrana, pelo aparelho ISET, e nesta membrana, será realizada captura antigênica, com anticorpos escolhidos pelo pesquisador. Para realização das análises imunoistoquímicas será construído um Tissue Microarray (TMA), onde será avaliada a expressão das seguintes proteínas: MRP5, ERCC1, TS e KRAS. Todas as reações terão um controle negativo (sangue de indivíduos sadios) e controle positivo (este mesmo sangue, acrescido de células tumorais de cólon mantidas em cultura). Analisou-se 28 pacientes no período de 05/2012 a 03/2013 com diagnóstico de câncer de cólon e/ou reto. O método do Qui-Quadrado foi usado para correlacionar o número de CTCs com: Estadio, TNM, e SLP. A correlação observada com resultado significativo foi o "N" (metástase em linfonodo regional), onde cinco pacientes (62,5%) com < 27 CTCs apresentaram N: 2 e sete pacientes (63,6%) com e 27 CTCs apresentaram N: 0 na primeira coleta (p = 0,04).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA E SILVA, VIRGILIO; DOMINGOS CHINEN, LUDMILLA THOME; ABDALLAH, EMNE A.; DAMASCENA, ALINE; PALUDO, JOCIANA; CHOJNIAK, RUBENS; ABBADE DETTINO, ALDO LOURENCO; LOPES DE MELLO, CELSO ABDON; ALVES, VANESSA S.; FANELLI, MARCELLO F. Early detection of poor outcome in patients with metastatic colorectal cancer: tumor kinetics evaluated by circulating tumor cells. ONCOTARGETS AND THERAPY, v. 9, p. 7503-7513, 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.