Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do acabamento/polimento imediato e tardio na rugosidade de superfície e na estabilidade da cor de resinas compostas diretas submetidas ao manchamento

Processo: 13/19187-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Mirela Sanae Shinohara
Beneficiário:Iana Rodrigues Briggo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Resinas compostas   Rugosidade   Polimento   Dentística

Resumo

Atualmente as resinas compostas diretas, em geral, apresentam propriedades físicas e mecânicas que permitem serem usadas tanto em dentes anteriores como em posteriores. Para se alcançar excelência nas restaurações de resina composta (RC), a etapa final de acabamento e polimento (Aca/Pol) é fundamental para se obter uma restauração bem adaptada, superfície lisa, sem manchamento, menos retenção de placa e formação de cárie recorrente. Portanto, o objetivo deste estudo será avaliar o efeito do Aca/Pol imediato e tardio (após 24h e 7 dias) de uma RC nanoparticulada e uma microhíbrida submetidas ou não ao manchamento com solução de café por meio das análises de rugosidade da superfície e retenção de brilho. Serão confeccionadas pastilhas (8,0 mm de diâmetro e 2,0 mm de espessura) de RC (n=5) e divididas de acordo com o tratamento da superfície e o tempo: 1) Aca/Pol com Sof-lex Pop-on - imediato, 24h e 7 dias; 2) Aca/Pol laboratorial com lixas de carbeto de silício - imediato, 24h e 7 dias; e 3) Sem Aca/Pol - imediato, 24h e 7 dias. Metade das amostras de cada grupo serão submetidas ao manchamento por 15 dias consecutivos em solução de café. Em seguida, as superfícies dos espécimes serão analisadas em um rugosímetro portátil SJ-401 (Mitutoyo), com velocidade de 0,05mm/s (0,25mm cut-off) e três medições em diferentes direções em cada amostra. Para análise do brilho será realizada uma medida na porção central de cada amostra. As medidas em G.U. (unidades de brilho) serão feitas com ângulo de incidência de 60º para que as medidas sejam sempre realizadas no mesmo ponto da superfície. Após análise da rugosidade superficial e do brilho, os resultados serão submetidos à análise estatística com nível de significância 5%.